CEO da Xiaomi não conseguiu resistir ao iPhone 11

O responsável da Xiaomi, Lei Jun, parece ser um verdadeiro fanboy da Apple. De facto, toda a empresa parece inspirar-se muito no gigante da maça. Não é de agora que muitos referem que este fabricante foi buscar características aos iPhones para os seus próprios equipamentos, a começar pela interface e pelos emoji. Como se isto não bastasse os fãs da Xiaomi ficaram a ferver com um descuido do CEO que envolve o iPhone 11.

CEO da Xiaomi não conseguiu resistir ao iPhone 11

Sem medir as consequências o CEO da Xiaomi fez uma publicação na rede social chinesa Weibo através do seu iPhone. Os fãs da marca toparam isto muito rapidamente e a Xiaomi tentou defender-se com a máxima rapidez alegando que faz sentido uma marca estar a par das ofertas dos rivais. No entanto, se apenas se trata disto, porque motivo este CEO utiliza um iPhone como o seu dispositivo principal e até tem lá o weibo instalado? É que ainda para mais o iPhone 11, que foi o dispositivo utilizado, já foi lançado há bastante tempo.

Xiaomi iPhone 11

Mesmo que muitos tivessem acreditado nesta resposta e tivessem dado a este responsável o benefício da dúvida, o próximo gesto deitou tudo a perder.

É que o CEO da Xiaomi apagou o post e publicou-a novamente utilizando o Mi 10 Pro. Se fosse apenas para testar a concorrência deixava estar e depois fazia um post com qualquer outro equipamento.

De facto, não é a primeira vez que isto acontece mas com outros intervenientes e até acaba por ser uma coisa normal. Um embaixador da marca Samsung e o CEO da Realme India foram apanhados anteriormente a usarem um iPhone. Em alguns casos, as celebridades que deveriam promover um aparelho Android foram apanhadas com um iPhone. No entanto, ser uma celebridade a cometer este erro até é compreensível. Já ser o co-fundador de uma empresa a fazê-lo e que ainda por cima tem um smartphone concorrente é bem pior.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também