Carregar um carro elétrico em 5 minutos? Parece que sim!

Uma das grandes desvantagens no uso de um carro elétrico no dia-a-dia, não passa apenas pela sua fraca autonomia relativa aos carros a combustão. Por enquanto, está também no facto de serem precisas várias horas, de forma a carregar totalmente a célula de bateria.

Afinal de contas, com um carro a gasolina ou a gasóleo, vai a um posto de combustível, e em 2 minutos, ou menos, está despachado. Algo que simplesmente ainda não acontece num carro elétrico. Pois bem, parece que a desvantagem do ‘tempo’ tem os dias contados.

Carregar um carro elétrico em 5 minutos? Parece que sim!

Audi Q4

Portanto, a Desten afirma ter um carregador, para carros elétricos, capaz de igualar o tempo de abastecimento de um carro a combustão. Ou seja, bateria cheia, ou vá… Atestada! Em menos de 5 minutos.

É algo essencial para a massificação do carro elétrico, tornando-o assim numa alternativa prática aos carros movidos a combustíveis fósseis. Afinal de contas, apesar de vários carros elétricos já serem uma solução bastante aceitável, para vários tipos de condutores, a verdade é que para quem faz centenas de kms num só dia, ficar 2 ou 3 horas parado a carregar não é de todo uma solução.

É exatamente por isso, que o grande objetivo de várias empresas do mundo automóvel, passa por igualar o tempo de abastecimento num posto de combustível, o que claro está, significa um carregamento rápido a uma velocidade avassaladora… Neste caso em concreto, qualquer coisa como 900 kWh.

Obviamente, que isto ainda é uma tecnologia longe de ser uma realidade no mercado, e que na atual implementação, precisa de baterias de produção Desten, e claro, carregadores capazes de oferecer potências a este nível.

Carregamento a este nível, não “rebenta” com a bateria?

Aparentemente… não! A Desten conseguiu um pacote, que mesmo a receber 900kWh, não aquece mais que 15º C relativamente à temperatura ambiente. Números fantásticos, que obviamente metem muitos fãs do mundo elétrico a salivar.

Mas isto também levanta uma questão…

Com novas tecnologias de carregamento rápido, o que vai acontecer à atual infraestrutura de carregamento? E mais importante que isso, o que vai acontecer aos atuais modelos em circulação? Que claro, não têm suporte a estas velocidades de carregamento… Será que vamos ver um nível de desvalorização do valor comercial super rápido, no mundo dos carros elétricos?

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.