BIOS para os novos AMD Ryzen 3000 revelam algumas novidades

AMD Ryzen 3000

BIOS para os novos AMD Ryzen 3000 revelam algumas novidades! – A AMD vai lançar a sua terceira geração de processadores Ryzen 3000, para o socket AM4 em 2019, provavelmente no verão, durante a Computex 2019.

Como já deve saber, a AMD pretende manter a promessa, de retro compatibilidade com as antigas motherboards AM4! Por isso, as fabricantes como a ASUS e MSI, já começaram a lançar as suas atualizações de BIOS. Com o micro código AGESA-Combo 0.0.7.x, que como já mencionámos num outro artigo, traz consigo o suporte aos novos processadores Zen 2.

Afinal de contas, já devem existir várias amostras destes processadores em circulação!

Aliás, a própria AMD fez uma ‘demo’ do produto na CES 2019! Onde conseguiu derrotar o topo poderoso i9-9900k, com uma versão que aparentemente nem é a topo de gama

É esperado, que a AMD lance vários processadores, com um número de núcleos físicos nunca antes visto no mercado de consumo tradicional.

novos AMD Ryzen



Graças ao novo design de ‘multi-chip module’ (MCM), que irá juntar CPUs Zen 2 de 7nm, com um controlador I/O de 14nm.

No fundo, a AMD tem duas grandes razões para ir por esta rota (MCM), para os seus processadores pensados para o mercado tradicional.

Primeiramente, permite juntar 2 tipos de processos no mesmo chip, ultrapassando todas as barreiras que a Intel está a ter com o seu processo de 10nm! Utilizando CPUs de 7nm, com outros componentes menos importantes, produzidos com o mais maduro processo de 14nm.

Aliás, o controlador I/O de 14nm, até pode ser fornecido pela GlobalFoundries, conseguindo utilizar o acordo previamente assinado pelas duas partes

Além disso, a AMD iria ter vários problemas de yields, se tentasse implementar chips de 7nm, com um grande número de núcleos. Desta maneira, é possível aproveitar silício ‘com defeito’. Para deste modo, produzir processadores de 8/12 núcleos, que vão vender em massa, no mercado de gama média.

É tudo uma questão de números, para a AMD conseguir ganhar o máximo de dinheiro possível! Para voltar a investir, e assim, nunca mais ficar à sombra da Intel.

Como já deve ter percebido, o controlador de memória e os núcleos de CPU, estão separados, comunicando através de um ‘Infinity Fabric’. O que irá mudar a maneira como as frequências são implementadas durante um Overclock mais exigente. Por isso, a AMD já está a preparar a sua estratégia de controle de frequências. Em conjunto com a memória RAM, para o iminente lançamento.

Similarmente, o ‘Precision Boost’ também vai mudar um pouco, com melhorias no algoritmo, tornando toda a funcionalidade bem mais flexível e poderosa.

novos AMD Ryzen

Curiosamente, os processadores Ryzen 3000 também irão oferecer mais controlo sobre os núcleos ativos! Assim, como estes chips têm dois chiplets separados, com núcleos CPU, irá existir uma opção, para desativar um chiplet completo. (Ou até, desativar pares de núcleos.)

Suporte ao novo standard PCI-E 4.0?

Parece que também existe uma opção escondida nas novas BIOS, a mencionar PCI-E 4.0! Ou seja, poderão existir algumas motherboards com suportes a PCI-Express Gen 4.0, num futuro bem próximo.

Em suma, apesar de ainda faltarem alguns meses, até ao lançamento oficial… Parece que a AMD está a preparar algumas surpresas para os consumidores.


Ademais, o que pensa sobre os novos AMD Ryzen 3000? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo!