Esta é a bateria do Galaxy S21+ e há uma surpresa!

As atenções neste momento já estão todas concentradas para os smartphones que a Samsung vai apresentar em 2021. Na prática, espera-se que a gigante coreana lance três modelos. São eles o Galaxy S21, Galaxy S21+ e Galaxy S21 Ultra. Claro que esta gama pode vir a ser conhecida como Galaxy S30 mas essa é outra conversa. O que importa realmente são as especificações e é para isso que vamos olhar. Neste caso para a bateria do Galaxy S21+.

Esta é a bateria do Galaxy S21+ e há uma surpresa!

A Internet tem sido fértil em muitos rumores acerca da capacidade da bateria do Galaxy S21+. No entanto, ainda não tinhamos nenhuma prova em concreto. É que uma listagem de uma agência de segurança coreana revelou não apenas a bateria em si, mas também a sua capacidade.

No início deste mês, a autoridade de telecomunicações CCC da China certificou algumas baterias destinadas ao Galaxy S21 e Galaxy S21+. Assim este último tem um dispositivo com o número de modelo EB-BG996ABY e tem uma capacidade nominal de 4.660mAh.

bateria Galaxy S21+

A imagem partilhada pelo site Sammobile mostra-nos a bateria que estará dentro do Galaxy S21+. Ele também confirma que a bateria tem uma capacidade nominal de 4.660mAh que será comercializada como tendo 4.800mAh. É a capacidade típica.

Entretanto olhando para os números há uma certeza. É maior do que a que está presente no Galaxy S20+. Lembro que este tem uma bateria de 4.500mAh de capacidade típica. Essa melhoria vai agradar aos clientes que preferem comprar o modelo + em vez de irem para o modelo Ultra.

A Samsung não vai lançar a gama Galaxy S21 antes de fevereiro do ano que vem, pelo menos. Dito isto, as informações sobre outras especificações ainda são relativamente desconhecidas. O que se sabe é que vem com um processador que desta vez poderá não ficar envergonhado face à versão da Qualcomm.

É que de acordo com um tweet do conhecido leakster Ice Universe, o Snapdragon 875 e o Exynos 1000 deverão ter a mesma arquitetura.

Galaxy S30 com Exynos já não vai levar pancada da Qualcomm

O Exynos 990 que dá vida à variante Europeia do Galaxy S20 é um chipset de 7nm com dois núcleos Mongoose, outros dois Cortex-A76 e quando Cortex-A55. Por outro lado, o Snapdragon 865 que dá vida à versão americana é também um chip de 7nm. No entanto tem um núcleo poderoso Cortex-A77, três de alto desempenho também Cortex-A77 e uma velocidade de relógio mais baixa e quatro Cortex A55. Neste caso, eventualmente o núcleo proprietário Mongoose foi o principal downside do Exynos 990 e não conseguiu ser um verdadeiro opositor do Cortex-A77.

bateria Galaxy S21+

Isto fez com a Samsung aprendesse muito…

Entretanto este ano a gigante coreana deve optar por um Exynos com um núcleo Cortex-X1 que oferece 30% mais desempenho comparativamente ao Cortex A77. Entretanto, o Snapdragon 875 deve apostar no mesmo núcleo.

Assim os outros três serão eventualmente os novos Cortex-A78 que prometem 20 por cento mais desempenho em relação ao Cortex-A77. A ARM diz que estes núcleos atingem a mesma capacidade do A77 com apenas metade da energia.

bateria Galaxy S21+

Os outros quatro núcleos devem ser os Cortex A-55. Pode ler mais sobre isto aqui.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também