ASUS ROG Ally X: Afinal não é 100% igual!

A consola portátil da ASUS que tem como base o sempre famoso Sistema Operativo Windows 11, fez das suas no ano passado, ao mostrar que é realmente possível ter uma jogabilidade de PC “on the move”, naquilo que é um aparelho bonito, leve e compacto. Mas, a primeira consola portátil da ASUS também veio com alguns problemas no mercado, sendo exatamente por isso que a gigante da tecnologia quer lançar uma nova versão já em 2024.

Aliás, é muito provável que todas as grandes fabricantes que têm apostado no formato façam isso em 2024, em 2025, etc… Com este tipo de consola a seguir a mesma exata estratégia que estas fabricantes têm seguido com a sua gama de portáteis. Vamos ter uma nova versão todos os anos.

Porém, esta consola de 2024 não vai revolucionar relativamente ao modelo de 2023. A consola tem como base o mesmo exato SoC, e tem como grande objetivo corrigir os “defeitos” da primeira versão. Ainda assim, parece haver espaço para melhorar em alguns aspetos importantes.

ASUS ROG Ally X: Afinal não é 100% igual!

rog, ally

Portanto, sou desde já muito honesto, fiquei desiludido quando chegaram os primeiros “leaks” à Internet de que a ROG Ally X ia contar com o mesmo SoC que dá vida aos modelos atuais já presentes no mercado. Estamos a falar do processador Ryzen Z1 Extreme. Isto significa logo à partida que a “nova” consola da ASUS vai oferecer um nível de performance muito similar ao modelo original.

Fiquei ainda mais desiludido quando ficou também aparente que a ASUS não ia apostar num ecrã OLED, preferindo reter o atual painel IPS LCD que já dá vida às suas atuais consolas.

Mas… Calma!

Apesar de tudo isso se manter, a nova consola da ASUS não só vai ter memória RAM LPDDR5X mais rápida, como vai também ter mais memória RAM. Afinal, enquanto os modelos originais chegaram às prateleiras com 16GB de memória RAM, o modelo X eleva esta quantidade para os 24GB. Ou seja, mais 8GB de memória RAM, o que deverá resultar em maravilhas para a performance de alguns jogos.

Além disso, o armazenamento interno vai dar o “salto” para o 1TB, vai existir a possibilidade de meter um SSD até 8TB, e o sítio para montar o cartão SD mudou de sítio para evitar problemas com o sobreaquecimento.

Para terminar, a bateria vai ser 40% maior, sem aumentar o peso ou tamanho da consola. Isto vai resultar num aumento de autonomia muito significativo, o que também é sempre muito importante quando o tema são consolas portáteis.

Temos de esperar para ver o que tudo isto vai dar, mas a ASUS parece ter tido vontade de lançar uma consola v1.1. Para provar que sabe o que está a fazer, e que está realmente comprometida com o projeto.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados