(Análise) Xiaomi AMAZFIT GTS: A solução se não quiser gastar ‘muito’!

(Análise) Xiaomi AMAZFIT GTS: A Xiaomi é a grande líder do mundo de wearables, tudo graças à sua linha de smartwatches bons mas baratos AMAZFIT, bem como a sua super popular Mi Band que está prestes a entrar na quinta geração (Mi Band 5, leia mais sobre isto aqui).

Dito isto, em 2019 demos as boas vindas aos AMAZFIT GTS e GTR, dois relógios que prometeram acima de tudo oferecer uma experiência ‘smart’ a um preço extremamente baixo, enquanto enchem o pulso dos utilizadores de estilo ao oferecer um design super apelativo! Isto apesar de serem produtos obviamente inspirados noutros aparelhos de outras fabricantes. (Huawei e Apple)

Pois bem, já tivemos a oportunidade de testar o modelo GTR há alguns meses. Por isso, agora está na hora de analisarmos o modelo GTS.



(Análise) Xiaomi AMAZFIT GTS: Barato e Bonito! (121€)

AMAZFIT GTS

Afinal, o que é que eu gosto no Xiaomi Amazfit GTS?

O que realmente nos atrai no GTS é sem sombra de dúvidas o seu design minimalista, peso super leve e ecrã cheio de qualidade.

Estavam à espera que fosse dizer as similaridades com o Apple Watch não era? Sim, sem dúvida que temos aqui um ‘Mini Apple Watch’, mas a verdade é que a Xiaomi sabe muito bem o que anda a fazer no mercado de wearables. O design do aparelho está bem conseguido por dentro e por fora, visto que além de ser bonito e barato, é também rápido nas suas tarefas, e isso é realmente o mais importante. (Mas é óbvio que também tem os seus defeitos, falaremos disto mais em baixo.)

Ao fim ao cabo, até traz um modo Always On, coisa que só chegou ao Apple Watch no modelo número 5.

O que eu não gosto no AMAZFIT GTS

AMAZFIT GTS

Tal e qual como o GTR que tivemos a oportunidade de analisar, este não é o produto mais refinado de sempre. Existem problemas no envio de notificações para o relógio, a aplicação AMAZFIT não é de todo a coisa mais bem feita de sempre. E existem várias discrepâncias na contagem de passos, e frequências cardíaca durante a monitorização de treino.

(Exemplo: Enquanto no Galaxy Watch Active 2 chego às 190 pulsações por minuto, aqui mal consigo passar das 160. A fazer o mesmo exato treino HiT)

O que acaba por nos desiludir um pouco… Ainda assim, temos de ter a noção que este é um produto budget. E que por isso mesmo, não podemos esperar comer Lagosta Suada ao preço de um Big Tasty do McDonalds.

Aliás, para ser um bocado bruto, o GTS é simplesmente uma Mi Band 4 num corpo maior, a contar com um ecrã infinitamente melhor, bem como algumas funcionalidades extra em cima.

Mas vamos por partes.

Design – Antes de mais nada, temos de falar um pouco do aspeto do relógio!

Ao fim ao cabo, claro que é extremamente bonito, e até muito diferente daquilo que podemos encontrar no mundo dos smartwatches para aparelhos Android. Mas a verdade é que isto apenas acontece porque o AMAZFIT GTS é no fundo um clone do Apple Watch, o real líder do mercado de smartwatches.

O que claro está, não é novidade para ninguém, visto que o GTS além de tirar grande parte da sua inspiração do Apple Watch, também é o sucessor do super popular AMAZFIT Bip! Um relógio ‘smart’ super completo que custa apenas ~50€, e que ainda continua a ser um autêntico sucesso. (Um produto que também é bastante parecido ao relógio da Norte Americana Apple.)

Mas vamos ao que interessa… Apesar do GTS ser no fundo um irmão do AMAZFIT GTR, tem um design muito diferente e na minha opinião, mais apelativo!

Tudo isto graças ao seu ecrã rectangular AMOLED de 1.65” (348×442 -> 341 PPI), com suporte 100% à gama de cores NTSC. Mas também ao facto de ser super leve e fino, visto que pesa apenas 24.8g e tem a espessura de 9.4mm.

Ecrã redondo porquê? Ecrã rectangular = mais informação no ecrã!

GTS

Apesar de ser inegável dizer que o mundo dos smartwatches Android adora um ecrã redondo. Quando a Apple criou o seu Apple Watch, não quis ser apenas diferente… Pensou também um bocado na coisa!

Ao fim ao cabo, um ecrã rectangular é imensamente melhor para mostrar informação como mensagens, emails, informação de treino, etc… É simplesmente melhor! E na verdade não percebo o porquê de não existirem mais relógios deste tipo no mundo Android.

Afinal de contas, é algo que podemos perceber logo nas watchfaces personalizáveis que já vêm pré-instaladas no relógio. (Temos ainda de ter em conta, o acesso a centenas de outras watchfaces (skins) na app AMAZFIT.) Tal é a quantidade de informação que podemos meter logo no ecrã principal do aparelho.

GTS

Funcionalidades e Performance

Um dos maiores objetivos no uso de um relógio ‘smart’, é mesmo a monitorização da nossa condição física. E lá está, isto é algo que a Xiaomi tradicionalmente faz muito bem em todos os seus produtos wearable, e o GTS não é exceção.

Claro que não irá ter o mesmo nível de monitorização de um Galaxy Watch Active 2 ou Apple Watch, que como é óbvio usam sensores com maior qualidade. Ainda assim, irá conseguir acompanhar o seu treino de uma forma bastante satisfatória.

Nota – (Exercício Grátis é a tradução (errada) de Exercício Livre na aplicação)

Afinal de contas, temos aqui suporte a 12 modos de treino, certificação à prova de água e pó, e ainda um poderoso sistema GPS+GLONASS integrado. Em suma, quer queira treinar indoor ou outdoor, tem aqui um excelente companheiro para o seu dia-a-dia.

Então e a bateria? A autonomia é agora um dos focos da Xiaomi na gama AMAZFIT

Há algumas semanas, disse que a Xiaomi anda a copiar muito daquilo que a Huawei traz para o mercado de smartphones e wearables. E ainda bem que assim é, visto que a gigante Chinesa na mira de Donald Trump tem mesmo muita coisa para oferecer.

Dito tudo isto, muito resumidamente, enquanto o AMAZFIT GTR é no fundo um Huawei Watch GT no aspeto e funcionalidades. O GTS é no fundo um GTR no corpo de um Apple Watch, ao trazer as mesmas exatas funcionalidades e super autonomia naquilo que é certamente um produto, na minha opinião, muito apelativo.

Em suma, é fácil alcançar os 4/5 dias de uso intensivo, o que não é perfeito, mas acaba por ser também muito satisfatório.

Conclusão

Em suma, o AMAZFIT GTS é mais um produto BBB da gigante Chinesa Xiaomi! Bom, Barato e Bonito. Afinal, temos aqui um relógio capaz, que no fundo fica bem em qualquer indumentária, ou situação, a custar apenas 121€.

É claro que tem os seus defeitos, mas também é verdade que não existem produtos perfeitos no mercado.

Ou seja, muito resumidamente, gostei do AMAZFIT GTS! É um smartwatch que sempre quis testar e que de certa forma cumpre o prometido. Mas não deve ser nunca comparado aos grandes do mercado como são o Galaxy Watch, Fossil Gen5, Apple Watch, etc… Porque não têm mesmo nada a ver. É uma boa alternativa a um preço muito apelativo.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários sem baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário