Inicio Android Análise Galaxy S20 Ultra: Super, Ultra... Ou apenas Normal?

Análise Galaxy S20 Ultra: Super, Ultra… Ou apenas Normal?

O Galaxy S20 Ultra da Samsung é sem grandes dúvidas o maior ‘balls to the wall’ ou ‘all-in’ que temos no mercado atual, sem contar com os smartphones dobráveis claro está, que ainda custam demasiado dinheiro para serem considerados aparelhos ‘mainstream’.

Assim, como disse há algumas semanas atrás quando analisei o S20+, e dei as minhas primeiras impressões relativamente ao novo topo de gama da gigante Sul Coreana. O novo S20 Ultra não é o sucessor ao S10+ do ano passado! Essa missão cabe ao S20+ que saiu lado a lado com este Ultra e o ‘normal’ S20. Ou seja, este novo smartphone é um tentar da Samsung de ir ainda mais além, de oferecer uma experiência ainda mais ‘Premium’ que o habitual, ao lançar um aparelho ainda mais caro… Que o habitual.

Tudo isto ao mesmo tempo que vemos uma aposta séria da Samsung no 5G! Contudo, verdade seja dita, o 5G ainda não é uma razão suficientemente apetecível para levar os consumidores a meter as carteiras em cima do balcão das muitas lojas por esse mundo fora. Por isso, para adoçar ainda mais o pacote, o S20 Ultra conta com uma panóplia de funcionalidades e especificações de encher o olho, pelo menos no papel, para muito resumidamente o tornar imbatível.

Mas será que vale a pena? Será que faz sentido dar 1379€ pelo Galaxy S20 Ultra? Vamos tentar perceber.

Análise Galaxy S20 Ultra: Super, Ultra… Ou apenas Normal?

Análise Galaxy S20

Especificações Técnicas:

  • Ecrã: 6.9” QHD+ Dynamic AMOLED 2X (511ppi)
  • Processador: Samsung Exynos 990 (Qualcomm Snapdragon 865 no mercado Norte Americano)
  • RAM: 12 ou 16GB of RAM
  • Armazenamento: 128, 256 ou 512GB (UFS 3.0) + Suporte a cartão microSD
  • Sistema Operativo: One UI 2.1 baseado no Android 10
  • Câmeras -> Traseira: 108MP wide, 12MP ultra-wide, 48MP telefoto, Sensor de Profundidade; Frontal: 40MP
  • Conectividade: 5G, USB-C, WiFi 6, NFC, Bluetooth 5
  • Dimensões: 166.9 x 76.0 x 8.8mm
  • Peso: 222g

Análise Galaxy S20 Ultra – Design

Depois de ter feito análise ao S9+, Note 9, S10+, Note 10+, Galaxy Fold, S20+ e mesmo depois de ter ido a um evento de preview patrocinado pela Samsung no dia 5 de Fevereiro ver os novos Galaxy S20, dando primazia ao novo topo de gama. Este S20 Ultra é facilmente a experiência Samsung mais diferente que tive a oportunidade de ter na minha vida como ‘Reviewer’, ‘Blogger’ ou qualquer que seja o nome que se dá ao que faço no dia a dia.

O feeling que temos assim que agarramos neste aparelho, é completamente diferente ao que temos quando pegamos em qualquer outro aparelho da marca.

Antes de mais nada, o cuidado com o design continua lá, mas é também óbvio que a Samsung deixou as ‘leis’ do minimalismo de lado, para tentar oferecer algo ainda mais poderoso do que aquilo que é normal.

O que antes de mais nada, não quer dizer que seja mau! É uma experiência nova, mas que é um autêntico mimo para consumo de conteúdo multimédia, ou para jogar. Apesar de não gostar muito do gigantesco módulo enquanto tento jogar, mas isto é facilmente corrigido pelo uso de uma capa. (Se não usa uma capa num aparelho de 1379€, posso desde já dizer que tem uma coragem de aço.)

Por isso, aumentou o tamanho do ecrã para uns incríveis 6.9” QHD+, um espaço onde já estamos a ameaçar o território dos tablets, meteu um módulo de 4 câmeras que obrigou ao aumento da grossura do aparelho, o que claro está, foi também aproveitado para a integração de uma bateria de 5000mAh. (Ao fim ao cabo, estamos a falar de um aparelho 5G com um ecrã que tem a capacidade de chegar aos 120Hz! A autonomia é muito importante.)

Ou seja, antes de mais nada, mesmo com todas as razões descritas em cima, temos de olhar para o tamanho (166.9 x 76.0 x 8.8mm) e peso (222g) deste aparelho. O que irá basicamente obrigar qualquer utilizador a optar por calças com um bom bolso! Como disse no passado, se é fã de ‘skinny jeans’, pode desde já esquecer essa moda… Até porque são horríveis, aqui a Samsung apenas lhe está a fazer um favor.



Análise Galaxy S20 Ultra – Ecrã

Análise Galaxy S20

O ecrã, nomeadamente a sua qualidade de imagem, é a estrela de todo o aparelho! Isto mesmo tendo em conta o facto da Samsung evidenciar mais a conectividade 5G ou módulo de câmeras com o sensor proprietário de 108MP. Algo que eu não percebo muito bem porquê, é que as fotos são importantes, mas passamos facilmente 6~8 horas diárias a olhar para o ecrã, e quando se tem uma vantagem tão grande em relação às principais rivais, acho que se devia apostar mais em passar essa mensagem aos consumidores.

Dito isto, ver vídeos no YouTube, séries/filmes no Netflix ou HBO, é simplesmente brutal! As cores são vivas, os brancos são realmente brancos e os pretos realmente pretos. É algo que nos oferece uma experiência de imersão acima de qualquer outro smartphone no mercado.

Especialmente quando estamos a falar de um super ecrã de 6.9”… Capaz de chegar aos 120Hz!

Sim, eu sei que os 120Hz estão limitados à resolução FHD+, contudo, eu nunca trocaria mais resolução por menos FPS… Nunca na minha vida! Eu como ‘reviewer’, vou ter que mudar de telemóvel para um outro aparelho com um ecrã de 60Hz, e meus amigos, não vai ser nada fácil! Once you go 120Hz, you can’t go back!” Ou em bom Português, assim que experimentar os 120Hz, não vai querer outra coisa.

Análise – Performance e Bateria

O Samsung Galaxy S20 Ultra é um dos primeiros smartphones a contar com o SoC Exynos 990, o que claro está, deu origem a uma petição dos utilizadores… Tudo graças ao facto do Qualcomm Snapdragon 865 ser relativamente mais poderoso, numa comparação direta. (O S20 Ultra Norte Americano conta com o processador da Qualcomm).

Ainda assim, a performance do S20 Ultra é inegavelmente brilhante, ao contar com 12GB ou 16GB de memória RAM LPDDR5. (Mais que muitos portáteis atualmente no mercado!)

Muito resumidamente, o telemóvel é muito responsivo, apresentando uma fluidez sem rival, muito graças ao seu ecrã capaz de chegar aos 120Hz. Jogar neste smartphone é simplesmente brutal! Ainda assim, é uma pena saber que o modelo Norte Americano oferece melhor performance gráfica e como consequência disso mesmo, uma maior autonomia geral.

Bateria (Autonomia)

O S20 Ultra conta com uma célula de 5000mAh, o que o mete 1031 mAh acima do iPhone 11 Pro Max e 900 mAh acima do S10+ do ano passado. O que por sua vez, resulta numa autonomia bastante boa, mas que sofre um pouco com os 120Hz ligados, mesmo tendo em conta que a Samsung ‘capou’ a resolução aos FHD+. Mais uma vez saliento, nunca na minha vida trocaria mais bateria, desistindo dos 120Hz.

Análise Galaxy S20

Ainda assim, como pode ver na imagem em cima, irá facilmente conseguir aguentar um dia inteiro de uso intenso ou moderado, tendo ainda acesso a vários modos de poupança de bateria, bem como carregamento rápido com e sem fios. (45W com fios e 15W sem fios). Contudo, é preciso ter em conta que o carregador na caixa, apesar de ser ‘rápido’ (25W), não oferece os 45W que o S20 Ultra suporta.

Além de tudo isto, temos ainda carregamento inverso de 7W, que poderá carregar o seu smartwatch ou Galaxy Buds sem grandes problemas.

Análise Galaxy S20 Ultra – Câmeras

É aqui que está a grande diferença entre o S20 Ultra e os ademais aparelhos rivais. Ou seja, enquanto na review do S20+ me preocupei em perceber se tínhamos aqui a performance fotográfica de um smartphone topo de gama. Neste S20 Ultra vou tentar perceber afinal o que temos de ‘extra’.

Por isso, decido meter o S20 Ultra contra outros smartphones de topo do mercado, incluindo o Mi Note 10 que também conta com o tão badalado sensor de 108MP da Samsung.

Análise Galaxy S20

Posteriormente, temos também a comparação dos diferentes modos de Zoom, incluindo o ‘Space Zoom’ capaz de alcançar aos tão famosos 100X:

Análise Galaxy S20
100x Zoom (Space Zoom)

Space Zoom (100X) e 108MP

Esta é a grande dúvida acerca do novo topo de gama da Samsung, se o S20 Ultra é mesmo o topo dos topos no mundo da fotografia! Ou seja, se os 108MP e os 100X são realmente úteis no dia a dia de qualquer utilizador. Pois bem, na minha opinião, a performance fotográfica é realmente muito boa no geral, provavelmente uma das melhores do mercado, mas a verdade é que não vai revolucionar o mundo da fotografia.

Em jeito de brincadeira, o Zoom 100X pode ser útil se estiver num lado do ginásio e quer ver uma marota qualquer a fazer agachamentos no outro lado da sala. Mas a sua utilidade fica por aqui. Aliás, a grande questão aqui é… Quantas vezes tira fotos com Zoom? E mesmo que utilize o zoom no seu dia a dia, qual é o máximo de Zoom que arrisca utilizar? 2X, 3X ou 4X? O máximo até começar a perder qualidade?

É certo que o Galaxy S20 Ultra é capaz de oferecer excelentes fotos, com muita qualidade até ao Zoom 4X (ótico), e muito satisfatórias até ao Zoom 10X (Híbrido). No entanto, a partir daqui, apesar de continuar a conseguir capturar imagens com alguma qualidade de imagem, vai começar a notar um aumento significativo no processamento de imagem, ao mesmo tempo que os artefactos começam a aparecer.

Ou seja, são imagens que podem ser utilizadas em algumas situações específicas, mas que não vão certamente ser as preferidas dos utilizadores, e que muito dificilmente irão ver no Instagrams e Facebooks desta vida.

Dito tudo isto, esta conclusão não significa que a performance fotográfica não seja de topo! Prova disso são as fotos que deixo em baixo:

Análise Galaxy S20 Análise Galaxy S20 Análise Galaxy S20Análise Galaxy S20

Nota do Redator: Gostava de mostrar fotos de sítios mais interessantes. Mas infelizmente, logo a seguir a receber o S20 Ultra, começou o estado de emergência em Portugal! Espero que gostem do meu quintal!


Vale a pena se for um entusiasta fotográfico? Sim! Mas…

A combinação das câmeras que a Samsung implementou neste smartphone, resultou numa experiência fotográfica de alto nível, ao trazer uma flexibilidade para cima da mesa, que simplesmente ainda não existia no mundo dos smartphones de fabricante Sul Coreana. Temos wide, ultra-wide, zoom ótico até 4x, zoom híbrido até 10x, bem como a possibilidade de filmar a 4K com uma excelente qualidade, e ainda a capacidade de ter um gostinho dos muito esperados 8K (não recomendo este modo, pelo menos enquanto a Samsung não melhorar o processamento de imagem).

Além de tudo isto, mesmo com os 100X a serem no fundo um ‘gimmick’, poderá certamente ter alguma utilidade, caso exista a necessidade de ter de usar uns binóculos.

Em suma, temos aqui uma autêntica máquina fotográfica pronta para tudo, que certamente não o deixará ficar mal! Ainda assim, não se deixe levar pelo Marketing.

Análise Galaxy S20 Ultra – Conclusão

Para concluir tudo isto, o Galaxy S20 Ultra é a primeira tentativa séria da Samsung de lançar um super smartphone para dominar o mercado, levando tudo ao extremo.

Temos uma bateria de grandes dimensões, o melhor ecrã do mercado, suporte às redes de nova geração 5G, uma câmera que vai muito além daquilo que a marca tem oferecido nos últimos anos (e com muito potencial para melhorar via atualizações de software! Visto que recebi uma há 3 dias, que melhorou significativamente o auto-foco do aparelho).

Contudo, todo este excesso, fez com que o Galaxy S20 Ultra chegasse às prateleiras muito grande, talvez demasiado grande para a grande maioria dos utilizadores. Isto sem sequer falar do pesado preço que também trouxe para cima da mesa, uns impressionantes 1379€ no seu modelo base. Mas se por ventura o tamanho não lhe faz diferença, é fácil chegar à conclusão que o Galaxy S20 Ultra é um dos melhores smartphones de sempre da Samsung! Por isso, se quer o melhor dos melhores, vai ter sempre de olhar para este aparelho.

Prós:

  • 120Hz
  • 5G
  • Sistema de câmeras poderoso e flexível
  • Suporte a cartão microSD
  • Carregamento rápido com e sem fios
  • Performance

Contras:

  • Preço
  • Tamanho e Peso
  • Os 108 MP e Space Zoom são um ‘Gimmick’

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Análise Galaxy S20 Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

DualSense da PlayStation 5 funciona no Android e PCs

Os PCs e dispositivos Android garantem um bom suporte para diversos periféricos. Da lista fazem parte os comandos da Xbox e Stadia. No caso...

Play Store: instale já nos smartphones da Huawei com o Googlefier!

Não é surpresa que os dispositivos da Huawei e Honor lançados no ano passado não incluem os Google Mobile Services. É exemplo disso, o...

Os novos iPhone 12 usam um modem 5G ‘velhote’

Quando uma grande fabricante de smartphones como a Apple faz um lançamento, os consumidores estão obviamente à espera de encontrar os componentes mais modernos...

Confirmado – Tesla lançou o Full Self-Driving com um aviso!

Confirmado - Tesla lançou o Full Self-Driving com um aviso importante! - A Tesla criou grande parte da sua fama atual devido à performance...

Joga Fortnite no PC? O jogo ficou 60GB mais pequeno!

Durante os últimos tempos, temos assistido a uma serie de problemas relacionados com o tamanho dos jogos. Quer sejam na PS4 e Xbox One,...