Análise ASUS ZenBook 15 (UX533F): Um Ultrabook com muito para dar!

Asus ZenBook

Introdução – Análise Asus ZenBook

Afinal, o que é o ASUS ZenBook 15? Muito fácil de explicar… Conhece o ZenBook Pro?

O portátil da ASUS que fez as rondas na Internet nos últimos meses, ao possuir um segundo ecrã no TouchPad? Pois bem, este ZenBook é uma versão mais barata, para o mercado de consumo… Mas ainda assim, não menos poderosa que o modelo ‘Pro’.

Asus ZenBook Pro

Além disso, é também um dos primeiros portáteis do mercado, a chegar com os novos processadores Intel Whiskey Lake, que não só prometem mais performance, como também mais eficiência, em relação à antiga 8ª geração.



De forma muito resumida, este portátil é no fundo, um UltraBook, mas com performance suficiente para fazer o que lhe apetecer no dia a dia, seja produtividade, programação, criação de conteúdo... E claro, jogar! Tudo isto, com uma autonomia fabulosa.

Design

Como este ZenBook é muito baseado no design do seu irmão ‘Pro’, estamos a olhar para um portátil com muito estilo, mas que ao mesmo tempo, pode muito bem passar despercebido aos olhares menos atentos.

Dito isto, o nosso modelo para review, tem uma cor azul escura, com umas linhas douradas, que pelo menos me fazem lembrar um ambiente ‘Business’, e que sem dúvida prefiro imensamente mais ao já aborrecido cinzento metálico ou preto, que anda no mercado.

O que mais impressiona neste portátil, é o ecrã ‘NanoEdge’!

Análise Asus ZenBook

Este ASUS ZenBook, tem um ecrã com umas margens, que fazem lembrar os smartphones topo de gama mais recentes, ao serem tão reduzidas e ‘sexy’ (5mm em cima, 3mm nos lados e finalmente 4.5mm em baixo).

Aliás, este design dá ao utilizador imensa vontade de consumir multimédia, em vez de trabalhar arduamente. (Excelente desculpa para meter aqui na Leak.pt, e assim meter as séries em dia… “Desculpem pessoal, estou a fazer review, não vai dar para escrever!”)

Conectividade

A nível de portas, temos 2 USB-A, uma USB-C, HDMI, leitor de cartões e ainda um Audio Jack de 3.5.

O que na minha opinião, é a mistura perfeita, e a prova de que a Apple podia ter feito mais e melhor com o MacBook Pro, em vez de implementar apenas portas USB-C.

Afinal, o ZenBook pesa apenas 1.59kg, com uma espessura de 17.9mm no seu ponto mais fino. Curiosamente, faz-me lembrar o LG Gram de 14” que testei há alguns meses, apesar de ser mais pesado e também bastante mais robusto.

ASUS Ergo… quê?

Análise Asus ZenBook

A ASUS dá um grande ênfase a algo chamado ErgoLift, o que para os mais leigos, apenas significa que este portátil, está desenhado de maneira a que, quando o abre, o teclado irá ficar num ângulo mais confortável para a produtividade do utilizador(3º).

Algo que pessoalmente posso confirmar, é um prazer usar o teclado, apesar de achar que as teclas podiam ser mais ‘clicky’, mas isso é a minha alma de amante de teclados mecânicos a falar.

Como a ASUS não anda nisto há pouco tempo, aproveitou o ErgoLift, para aumentar o airflow dentro do computador.

Qualidade de som

Análise Asus ZenBook

Apesar das colunas certificadas pela Harmon Kardon terem boa qualidade, estão numa posição terrível. O que acaba por ser uma pena, visto que numa posição frontal, a ASUS podia realmente ter aqui algo especial para meter os utilizadores a abanar o capacete.

Algo que notei várias vezes, pois adoro estar reclinado no sofá, é as colunas serem abafadas pelas almofadas, ou mesmo calças, enquanto se consome conteúdo multimédia. Contudo, está claramente alguns furos acima daquilo que a grande maioria da concorrência oferece no mercado.

Ecrã

Análise Asus ZenBook

Para que não tenha de lidar com reflexos, o ecrã de 15.6” do ZenBook vem com uma camada anti-reflexo. Dito isto, os ângulos de visualização são excelentes, e nem precisa de aumentar muito o brilho, para ter uma boa noção das cores ou do que se passa à sua frente.

Assim, caso queria uma máquina para trabalhar forte na edição de fotos e vídeo, tem aqui uma excelente opção.

Graças ao conjunto de processador Intel Core i7-8565U e placa gráfica NVIDIA GeForce GTX 1050. (Já para não falar que depois de todo o trabalho feito, ainda pode jogar com uma qualidade gráfica bastante acima da média)

Bateria (Autonomia)

Análise Asus ZenBook

Temos aqui um ponto muito positivo! Afinal de contas, segundo o benchmark PowerMark, temos aqui máquina para aguentar cerca de 11 horas.

Um resultado excelente, tendo em conta que o modelo Pro, apenas consegue cerca de 5 horas.

Claro que os benchmarks não contam a história toda, mas posso dizer que utilizei este portátil como ‘Daily Driver’ durante uma semana, para ir a eventos e trabalhar para projetos de programação, sem nunca levar o carregador atrás. É um portátil que está claramente lá em cima, juntos do grandes da autonomia, como o Dell XPS 13, ou LG Gram 15”.

Performance

Análise Asus ZenBook

Finalmente, aquilo que para muitos é o mais importante, a performance do portátil!

O modelo que recebemos para teste, conta com o processador Intel Core i7-8565U, 16GB de memória RAM e ainda um SSD de 512GB PCI-E. (Já para não falar da placa gráfica dedicada NVIDIA GeForce GTX 1050 2GB)

Claro que com todo este hardware, vamos ter uma performance bastante boa, tendo em conta que é um UltraBook claro está, e que o seu foco nunca foi a performance pura e dura.

Portanto, o multitasking é uma realidade aqui, pode ter um catrefada de janelas do chrome abertas, bem como Spotify, League of Legends aberto, e ainda um programa de edição de imagens se for necessário.

Todos os resultados benchmark em baixo:
  • PC Mark: 5334 pontos
  • GeekBench 5199 pontos (Single Core) / 23198 pontos (Multi Core)
  • Cinebench Open GL: 121.76 fps
  • Cinebench cb: 1187
  • Velocidade de Leitura (SSD): 2353.6 MB/s
  • Velocidade de Escrita (SSD): 1245.6 MB/s

Apesar do ZenBook 15 ser um UltraBook com uma placa gráfica dedicada… Não é um portátil de jogos! Ainda assim, é uma excelente opção se quer trabalhar, mas também gosta de matar uns quantos nabos online.

Benchmarks Gaming:
  • 3D Mark Ice Storm: 75143 Pontos
  • 3D Mark Firestrike: 5160

Análise Asus ZenBook – Conclusão

Análise Asus ZenBook

Em suma, o Asus ZenBook 15, é um portátil Windows com um design apelativo. Combinando isto, com uma performance bastante boa, tendo em conta que é no fundo, um UltraBook.

Tem ainda uma conectividade bastante acima da média! Onde não irá precisar de entrar no mundo dos adaptadores para conseguir trabalhar.

Rivaliza nomeadamente com o LG Gram 15, que no fundo tem um preço bastante similar, mas um processador mais lento… Isto, sem qualquer placa gráfica dedicada.

Posteriormente, a nível de qualidade de construção, também me parece que a oferta da ASUS, seja um pouco mais robusta. E no fundo, bastante mais ‘Premium’ do que aquilo que a LG tem no mercado.

Análise Asus ZenBook – Disponibilidade e Preço

Por fim, o ASUS ZenBook 15, já se encontra disponível no mercado, com a versão base a começar a custar 1299€ (PVP), e a versão que testámos aqui a 1599€ (PVP).

No entanto, tem versões bastante mais baratas, com o mesmo exato design, na forma do ZenBook 14 que começa nos 999€.


Ademais, o que pensa sobre este portátil? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Análise Asus ZenBook – Entretanto, saiba mais sobre este e restante família de ultrabooks aqui.