AMD Ryzen

A AMD acabou de fazer uma pequena atualização ao seu plano de lançamentos para 2019! Afinal de contas, apesar de todo o sucesso da gama de processadores Ryzen 3000, ainda não tivemos a honra de receber no mercado o super Ryzen 9 3950X com os seus 16 núcleos e 32 threads.

A AMD vai mesmo lançar o Ryzen 9 3950X com 16 núcleos, 32 threads ainda em 2019! Nomeadamente já no mês de Novembro, para atacar em grande a época natalícia

O grande ‘monstro’ da gama AMD Ryzen 3000 vai chegar ao mercado com um ‘boost’ a chegar aos 4.7GHz, que agora deverá mesmo ser alcançável depois das ultimas atualizações ao micro-código AGESA.

Ryzen 3950x



Entretanto, a frequência base deste processador de ~750€ irá ser de 3.5GHz, com um TDP de 105 W e uma estrondosa cache de 72Mb. No entanto, temos de dizer que o processador chega com um atraso em cima, visto que na E3 a AMD prometeu um lançamento em Setembro.

A AMD também vai apostar na terceira geração de processadores Ryzen Threadripper (Rome), que também deverão chegar em Novembro ao mercado.

Esta nova gama de processadores vai lutar ‘mano-a-mano’ com a nova oferta Cascade Lake-X da Intel. E pelos vistos, o objetivo da AMD é mesmo dizimar a sua rival neste segmento de mercado. Afinal de contas, segundo todos os leaks, é provável que a fabricante consiga meter no mercado um processador com 64 núcleos e 128 threads!

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte


Intel admite derrota para a AMD… Mas promete ser mais agressiva!

Intel vs AMD

O mercado de processadores nunca esteve tão quente como agora, muito graças aos Ryzen 3000 da AMD, que abanaram por completo o domínio da Intel, que já se estendia por mais de uma década.

Mas o que é realmente interessante, é a Intel vir a público afirmar que perdeu quota de mercado para a AMD, na recente conferência City Global Tech… Contudo, a empresa tem noção do que está a acontecer, e por isso promete mais agressividade para o futuro.

Intel admitiu perda de quota de mercado para a AMD! E agora?



Leia o resto do artigo aqui.