AMD

Depois do pequeno escândalo que rebentou na passada semana, acerca dos problemas que os Ryzen 3000 de gama alta têm em atingir as suas frequências boost… Eis que a AMD voltou ao trabalho, para dar a volta à situação.

Pois bem, a versão ComboAM4 1.0.0.3ABBA do micro-código AGESA já está a ser enviada aos fabricantes de motherboards. Isto, para que estes implementem todas as modificações necessárias, de forma a desbloquear toda a potencial performance destes processadores AMD que tanto sucesso têm feito no mercado.



AMD Ryzen 3000: O maior pesadelo da Intel está prestes a ficar ainda mais poderoso!

Ryzen 5 1600

Pois bem, a versão que foi enviada para a MSI, acabou de chegar às mãos do site ChipHell, que claro está… Foi imediatamente testar os efeitos da atualização, com um Ryzen 9 3900X e Ryzen 7 3700X. (E uma board X570 da MSI)

Portanto, com a atualização, o 3700x passou a atingir a frequência de 4.4GHz em todos os núcleos. (Anteriormente apenas atingia os 4.375GHz). Já o Ryzen 9 3900X foi um caso estranho, visto que até foi capaz de chegar aos 4.625GHz (0.25GHz acima do esperado), mas também teve um declínio bastante significativo em teste para os 4.250GHz.

Ainda assim, é preciso dizer que existiu um aumento de performance em toda a gama. O que com toda a certeza, irá ser recebido de braços abertos por todos os fãs dos novos processadores AMD Ryzen.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.


Intel admite derrota para a AMD… Mas promete ser mais agressiva!

Intel vs AMD

O mercado de processadores nunca esteve tão quente como agora, muito graças aos Ryzen 3000 da AMD, que abanaram por completo o domínio da Intel, que já se estendia por mais de uma década.

Mas o que é realmente interessante, é a Intel vir a público afirmar que perdeu quota de mercado para a AMD, na recente conferência City Global Tech… Contudo, a empresa tem noção do que está a acontecer, e por isso promete mais agressividade para o futuro.

Leia o resto do artigo aqui.