A Intel tem algumas coisas debaixo da manga para os próximos anos

A Intel não tem passado um bom bocado, isto é óbvio para todos! Tudo graças às evidentes dificuldades na passagem para o processo de 10nm, que até já está no mercado, mas apenas fornece produtos mobile.

Pois bem, com o falhanço dos 10nm, a Intel viu-se obrigada a utilizar a mesma arquitetura (Skylake) bem como o mesmo processo de produção (14nm) até agora. O que caso não saiba, é uma das grandes razões para o número de vulnerabilidades encontradas nestes processadores… É um design antigo, com várias falhas. No entanto, de forma um pouco curiosa, é bem provável que os próximos Intel Core 11000 para Desktop sejam baseados neste mesmo exato processo de produção, apesar de já terem uma nova arquitetura.



Mas vamos ao que interessa! A Intel pode estar a passar um mau bocado. Mas se há coisa que não falta na empresa, é engenheiros talentosos, e dinheiro para gastar. Por isso, apesar da AMD estar agora por cima, eu não apostaria numa Intel caída no chão durante muito tempo. O gigante vai voltar, e pelos vistos, vamos ter já alguns sinais disto mesmo na segunda metade de 2020, com o regresso da Intel ao trono da performance no mundo dos portáteis, que está agora a ser dominado pelos Ryzen 4000 mobile.

A Intel tem algumas coisas debaixo da manga para os próximos anos

10900KF

Mas vamos resumir as coisas para perceber melhor, estas são as arquiteturas da Intel (atuais e futuras)

  • Skylake 14nm (+++) Aumento de Performance: 1.00x / 2015-2020
  • Sunny Cove 10nm (+) Aumento de Performance: 1.18x / 2019-2020
  • Willow Cove 10nm (+) Aumento de Performance: 1.25x / 2020-2021
  • Golden Cove 10nm (++) Aumento de Performance: 1.50x / 2021-2022?
  • Ocean Cove 7nm (+)? Aumento de Performance. 1.80x / 2022-2023?

Dito tudo isto, se o novo rumor for realmente verdade, a arquitetura Willow Cove vai trazer um aumento bastante significativo no IPC, bem como um aumento da eficiência graças a um design de núcleos completamente novo. Uma arquitetura que poderá chegar ao mercado já na segunda metade de 2020, para o mundo dos portáteis.

Assim, considerando que a Intel está a preparar esta arquitetura já para 2020, e que os produtos Ryzen ‘Zen 3’ para o mundo mobile apenas irão chegar em 2021, é bem provável que a gigante Azul dos micro-processadores recupere o domínio do mercado de portáteis ainda este ano.

Designs inovadores debaixo da manga?

big.little

Num outro rumor ainda mais interessante, MebiuW falou um pouco sobre os processadores Alder Lake-S para desktop, um produto que irá trazer um design BIG.Little híbrido! Ou seja, uma mistura de núcleos rápidos com outros mais lentos, de forma a melhorar significativamente a eficiência energética do produto final. Em suma, exatamente aquilo que já temos no mundo dos smartphones.

Mas o que é realmente interessante, é que segundo um ‘leak’ de performance, este processador com 8+8 núcleos, consegue meter o Ryzen 9 3950X no bolso! No entanto, na altura em que este ‘menino’ chegar ao mercado, é provável que a AMD já esteja a bombar com a arquitetura Zen 4.

Ainda assim, este ‘leak’ de performance pode ser de um produto de amostragem, não estando ainda nas suas capacidades máximas.

Em suma, o que quero dizer é que a Intel não está adormecida. É uma empresa gigante que não gosta de ficar no segundo lugar, ou de ter rivalidade de outras empresas. Por isso, vai fazer tudo por tudo para voltar a sua posição de direito.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário