A guerra continua! Intel Z390 vs AMD Z490

O distribuidor tecnológico Alemão, Bluechip, revelou os planos da Intel e AMD para os próximos produtos.

Até já falámos sobre estes dois chipsets, o AMD Z490 que deverá ser basicamente o X470 com alguns pózinhos, ou seja, com mais linhas PCIe.

Além disso, também sabemos quando vão chegar ao mercado, visto que os planos sugerem o mês de Junho como a data de lançamento para esta plataforma!

Bem mais cedo que a B450, chipset de gama média para os novos Ryzen 2.

Em paralelo outros planos, desta vez da Intel, confirmam que os processadores de oito núcleos (Octa-Core) também vão chegar este ano, mais precisamente em Junho para as primeiras amostras de engenharia. Modelos que devem ser acompanhados pelas primeiras motherboards com chipset Z390, desenhada com os entusiastas em mente.

Além de tudo isto, os slides também indicam que os novos AMD Threadripper baseados na arquitectura Zen+ devem receber um refresh de plataforma em vez de um novo chipset. Processadores que devem chegar em Agosto, de acordo com os dados fornecidos pela BlueChip.


A AMD vai lançar mais um chipset? AMD Z490 apanhado online! Clique aqui

Chegou à Internet uma imagem de um slide, que supostamente foi publicada no forum ‘PCEva’ e que supostamente veio de uma apresentação oficial das motherboards Gigabyte AORUS X470.

Slide que representa uma lista de todos os chipsets dos processadores AMD Ryzen, incluindo um desconhecido até agora, chamado Z490. Que segundos os rumores, deverá ser um X470 com mais uns extras!

Intel Z390 AMD Z490


Intel confirma a existência dos chipsets Z390 e X399! Clique aqui

Depois de muito se falar acerca do chipset Intel Z370. Que chegou ao mercado ao mesmo tempo que os processadores ‘Coffee Lake’.

Isto por ser extremamente parecido com o Z270 e até por talvez nem haver necessidade de ser lançado… Chegou um documento à Internet que prova a existência de mais dois chipsets que vão acabar por o substituir.

Isto porque os novos processadores da Intel ‘Coffee Lake-S’ devem chegar ao mercado acompanhados por uma nova plataforma, a Z390, que deverá ser tudo aquilo que a Z370 deveria ter sido… mas que nunca foi.

O que se diz por aí… É que com a pressa de lançar os Coffee Lake, a gigante dos processadores lançou a plataforma Z370 à pressa… A ideia era que esta plataforma conseguisse pelo menos oferecer o hardware e mecanismos necessários para alimentar os novos processadores.

Fonte