A autonomia da bateria da Apple é tão boa, que parece um Bug!

A Apple fez uma grande aposta na arquitetura ARM nos últimos anos, chegando ao ponto de decidir que a parceria com a Intel era agora inútil e que teria de ser terminada. Afinal de contas, o desempenho do seu primeiro SoC (M1) é maior que qualquer alternativa Intel! Isto ao mesmo tempo que consume uma fração da energia dos processadores da gigante Azul dos microprocessadores.

Aliás, o desempenho do processador da Apple é tão bom na parte da bateria… Que um dos executivos do departamento de marketing da Apple pensava que era um bug!

A autonomia da bateria da Apple é tão boa, que parece um Bug!

apple, m1

A performance do Apple M1, especialmente a sua eficiência energética, é simplesmente extraordinária, ficando acima da grande maioria das alternativas existentes no mercado. Conseguir uma autonomia de bateria muito acima das 10 horas não é uma tarefa complicada num MacBook da Apple, sendo algo que tem sido elogiado por toda a crítica internacional.

Mas, entretanto, ficar a saber que um dos responsáveis da equipa de Martketing da Apple achava que os dados eram um erro do sistema, é de dar uma boa gargalhada.

Afinal de contas, Tim Millet, VP do departamento de arquiteturas de plataformas veio agora a público dizer que o objetivo da Apple não era igualar a performance da Intel, mas sim deixar a antiga parceira a comer pó.

“Se alguém fosse capaz de produzir um chip capaz de oferecer a mesma ou melhor performance, porque iriamos ter o trabalho de mudar? Qual seria o ganho? Por isso, o nosso objetivo foi sempre ter o melhor pacote possível.”

O resultado foi tão bom, que o VP de marketing (Bob Borchers) pensou que o indicador da bateria estava ‘avariado’.

“Quando vimos o primeiro sistema, o começámos a explorar, e o indicador da bateria nunca se mexeu, rapidamente pensámos “Oh pah, temos aqui um bug, o indicar da bateria não funciona.” Mas não, o consumo era mesmo real.

Entretanto, a Apple está agora a preparar o lançamento dos seus novos MacBook Pro, agora baseados no SoC M1X. Um SoC que deve perder um pouco da sua eficiência energética, para impressionar tudo e todos com novos níveis de performance. Isto tanto performance computacional, como na gráfica.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Entusiasmado para o novo Apple M1X? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, fui sempre aquele membro da família que servia como técnico ou reparador de tudo e alguma coisa (de borla). Agora tenho acesso a tudo o que é novo e incrível neste mundo 'tech'. Valeu a pena!

Leia também

Deve carregar o seu veículo elétrico todas as noites?

Esta é uma pergunta que quem tem um veículo elétrico ou vai comprar faz com muita frequência. Afinal de contas este pode ser um...

O seu carro elétrico vai perder bateria acima desta temperatura!

Nenhum automóvel escapa ileso a condições climatéricas mais extremas. Com as temperaturas a aquecer, sobretudo esta semana, os proprietários de veículos eléctricos confrontam-se com...

Água oxigenada: o grande truque para a máquina de lavar

Com o passar do tempo as máquinas de lavar roupa podem acumular uma série de problemas. O calcário é um deles. No entanto, há...

Esta é a melhor forma de limpar a máquina de lavar roupa!

As máquinas de lavar roupa deixam as nossas peças de vestuário limpas, a cheirar bem e frescas. No entanto é fácil esquecermo-nos como é...

Trocar de smartphone: Qual é a melhor altura?

Como deve imaginar, a Leak.pt testa dezenas de smartphones todos os anos, repartidos pelas diferentes gamas de preço deste mercado, como tal, temos uma...

Smartphones dobráveis: Apple não quer e os outros não vendem!

Como estamos fartos de dizer, o smartphone dobrável já não é, de todo, uma grande novidade para ninguém atento ao mundo mobile. Afinal, a...

Newsletter Leak

Receba todas as notícias e destaques diretamente no e-mail. É grátis!

Artigos relacionados