6GB (ou mais) de Memória RAM num smartphone? Será que faz sentido?

Porquê é que a grande maioria dos smartphones do mercado conta agora com 6GB ou 8GB de memória RAM? Porque razão a OnePlus lançou um OnePlus 6T McLaren Edition com 12GB, se a performance era exatamente igual à versão ‘normal’ com 6GB?

Afinal de contas, a Samsung lançou o S10 com 8GB, e mais recentemente o Note 10+ com 12GB! Aliás, até a Apple que anda há anos a poupar na memória RAM do seu iPhone, decidiu saltar dos 4GB para os 6GB com o novo iPhone 11.

Porque é que os consumidores querem 6GB de RAM num smartphone?

note 10, RAM, 12GB

Em boa verdade, se os Sistemas Operativos fossem mais otimizados, não existiria esta exigência… Quase ‘fome’ por mais memória RAM.

Afinal, a Apple conseguiu ‘safar-se’ durante anos com 2/3GB de RAM nos seus smartphones topo de gama, graças a todas as otimizações que foram feitas no iOS. Bem… Não foram só as otimizações, a Apple tem pleno controlo sobre o software mas também sobre o hardware que equipa as suas máquinas. O que torna toda a missão da poupança de recursos, bastante mais fácil.

No entanto, agora, até a marca da maçã meio comida parece estar a planear entrar na corrida aos GBs de memória RAM.

Afinal, o que é a memória RAM? Faz sentido querer mais? Claro que sim!

Caso não saiba, a memória RAM é o que essencialmente mantém tudo aberto em segundo plano, no seu smartphone. Ou seja, se por acaso está a jogar um jogo, recebe uma chamada, e no fim volta sem qualquer problema para a sua partida… É à memória RAM que tem de agradecer. Dito isto, quanto mais tiver… Melhor!

É verdade que o Android deveria ser mais eficiente no uso dos recursos do smartphone. Contudo, também é verdade que cada vez mais, o smartphone é um autêntico computador portátil que anda connosco para todo o lado. E por isso, as aplicações estão a ficar cada vez mais pesadas, o que por sua vez, exige cada vez mais do CPU, GPU e claro, memória RAM.

Assim, até a Apple que normalmente é capaz de se safar com pouca RAM, decidiu saltar dos 4GB do iPhone XS (que era mais do que o suficiente), para 6GB no iPhone 11. O que não só irá ajudar a tornar o aparelho mais ‘future proof’, como também poderá abrir portas a aplicações ainda mais pesadas, como as de edição de fotos/vídeo.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Ataques informáticos dão 35 anos de prisão a homem de 32 anos!

Muitas pessoas acham que estão a salvo por fazerem atividades ilícitas atrás de um computador. No entanto isto não podia estar mais longe da...

Não jogue estes jogos! São considerados os mais tóxicos!

Se por acaso costuma jogar diariamente os mais diversos vídeo jogos então certamente deverá saber que existem uns com comunidades mais tóxicas do que...

Google TV: Tudo o que precisa de saber acerca do serviço!

Num mundo em que temos cada vez mais serviços de subscrição a ocupar o ecrã da nossa TV, eis que a gigante da pesquisa...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!