Xiaomi Mi Mix Flip: a Samsung ganhou um sério concorrente!

Os dobráveis estão cada vez mais na moda e começam a chegar com abordagens muito interessantes. Inicialmente o foco pareciam ser os equipamentos que se transformam em tablet. No entanto, as coisas estão a mudar. Assim estamos a assistir a uma grande aposta em dispositivos semelhante ao Galaxy Z Flip. Smartphones normais mas que se dobram ao meio. São mais compactos e como tal muito mais convenientes de transportar. A propósito disso eis que todas as atenções estão agora viradas para a nova aposta da Xiaomi que está a caminho e que por enquanto é conhecida como Xiaomi Mi Mix Flip.

Xiaomi Mi Mix Flip: a Samsung ganhou um sério concorrente!

Na semana passada a Xiaomi obteve duas patentes para um smartphone tipo concha. Um parece ser mais premium e exatamente na linha do Galaxy Z Flip. O outro também é do género só que mais barato. Por exemplo, o modelo mais barato não tem um ecrã na parte de fora e tem um sistema de câmaras semelhante ao Redmi Note 9T. Ora para termos uma ideia do que tudo isto se trata o site Let’s Go Digital juntou-se ao designer Technizo Concept e criaram uma série de renderizações que revelam dois equipamentos muito interessantes.

Xiaomi Mi Mix Flip: Dois modelos diferentes mas com muitas semelhanças

Como rapidamente se percebe os dois têm ecrãs flexíveis ou não fossem equipamentos dobráveis. A isto juntam-se câmaras duplas para selfies. Estão localizadas no canto superior esquerdo. O site Let’s Go Digital afirma que isto é uma prova de que ele se destina a gerações mais jovens, no entanto, não considero que seja assim. Todos queremos sempre as melhores selfies e a inclusão de duas câmaras para este efeito devia ser um standard. Para além disso, não sei se a maioria dos jovens estarão dispostos a pagar tanto por um smartphone. Até porque acabam por ter sempre menos resistência.

Outro pormenor é que as molduras dos dois equipamentos parecem um pouco maiores do que a aposta da Samsung.

Entretanto quando os Xiaomi Mi Mix Flip estão abertos a dobradiça desaparece. Mais uma vez de forma semelhante à Samsung. Resta é saber se vão implementar um mecanismo para remover poeiras que se possam acumular.

Neste momento não se conhecem ao certo as dimensões. No entanto presume-se que os ecrãs tenham entre 6.5 e 6.7 polegadas.

Quanto à resistência do painel é provável que esta aposta utilize também vidro-ultrafino. Eventualmente não será o de segunda geração que vamos poder encontrar nos smartphones Galaxy Z. Ainda assim pode ser o de primeira.

Quanto não estão dobrados os dois modelos são muito parecidos, até nos botões e portas. Do lado direito temos os botões de ligar e desligar e volume. Entretanto o sensor de impressões digitais deve estar integrado neste botão. Na parte inferior está uma posta USB Tipo-C.

Mas os dobráveis da Xiaomi também apresentam algumas diferenças

Ora quando se dobra os Xiaomi Mi Mix Flip observamos algumas diferenças. No modelo mais caro temos uma câmara dupla com um pequeno ecrã junto a ela.

O design é mesmo muito semelhante ao do Z Flip. Ora o segundo ecrã pode servir para vermos algumas informações gerais como o indicador de bateria, horas e o estado da rede. Também podemos atender ou rejeitar chamadas.

Ao nível das câmaras o espaço não é muito grande. Isto leva-nos a pensar que não existe nenhuma lente telefoto. Assim devemos ter uma grande angular e ultra grande angular como no caso do Z Flip 3. Seria engraçado um sensor de 108 megapixéis.

A versão lite não tem um segundo ecrã

Já ouvimos rumores de que a Samsung pode estar a trabalhar no Galaxy Z Fold 3 Lite. Ora a Xiaomi pondera fazer o mesmo e lançar o que poderá ser o Xiaomi Mi Mix Flip Lite que apesar das semelhanças tem algumas diferenças.

Por exemplo, não temos um segundo ecrã. Em vez disso na parte traseira temos apenas o flash LED no canto superior esquerdo e um módulo de câmara redondo. O design das mesmas é muito semelhante ao do Redmi Note 9T.

É verdade que pela ausência de um segundo ecrã este equipamento será mais barato. Até porque parece usar materiais menos premium. No entanto, sendo este um dobrável, é algo que considero fazer muita falta. É que teremos sempre de estar a abrir o smartphone para descobrirmos quem nos está a ligar e todos sabemos que os dobráveis são mais frágeis.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Windows 11: como deixar os jogos mais rápidos agora mesmo!

O Windows 11 está mesmo quase a chegar. De facto, é já no dia 5 de Outubro que vamos poder deitar a mão ao...

Gboard: já pode personalizar como nunca o teclado da Google!

Não há dúvidas de que o teclado da Google, o Gboard é um dos melhores e mais utilizados. Funciona bem e disponibiliza diversas funcionalidades....

Ataques informáticos dão 35 anos de prisão a homem de 32 anos!

Muitas pessoas acham que estão a salvo por fazerem atividades ilícitas atrás de um computador. No entanto isto não podia estar mais longe da...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!