Windows/Linux: Qual é a diferença entre estes Sistemas Operativos?

Windows/Linux: Este é inegavelmente um tema com muito pano para mangas, por isso vou abordar da maneira mais simples possível, de forma a chegar aos utilizadores menos conhecedores do assunto sem enraivecer os entusiastas, developers e programadores de software na caixa de comentários.

Windows/Linux: Qual é a diferença entre estes Sistemas Operativos?

windows, linux

Já muitas vezes fui abordado por leitores que queriam dar uma nova vida a um PC ‘velhinho’ que simplesmente têm em casa a apanhar pó, por ser demasiado fraco para as tarefas mais comuns do dia a dia. Estou a falar de desktops/portáteis com mais de 10 anos, que provavelmente na altura em que eram novos já não eram nada de especial. Pois bem, o meu conselho é quase sempre o mesmo, meter um SSD, meter mais RAM e meter uma distro Linux que é muito mais leve que o Windows 10 da Microsoft.

No entanto, rapidamente me respondem com um ‘Hmm…‘ ou ‘Não fiz mal a ninguém!‘, entre outras respostas que basicamente servem para me passar a mensagem que vão seguir apenas 2 terços do conselho, ou seja, esquecer o Linux. Isto porque a grande maioria dos utilizadores não conhece, ou pelo menos nunca utilizou um SO Linux na vida.

Mas talvez seja boa ideia experimentar! Porque apesar de não dar para jogar os jogos mais populares do mercado (há jogos para Linux!), ou de não suportar muitas das aplicações ditas ‘banais’ do Windows 10, é um sistema operativo super poderoso, com muito para dar. E na verdade muito flexível, visto que tanto pode servir para o mais ‘nabo’ dos utilizadores, mas também para o mais avançado, devido à sua própria natureza de adaptação à realidade em que se encontra.



O Linux tem um ecossistema de programas muito diferente do Windows, por norma mais técnicos!

Muito resumidamente, o Linux tem muita coisa que o Windows não tem (o contrário também é verdade), como gestores avançados, ou acesso a várias ferramentas de computação de alta performance. É um sistema operativo (MUITO!) mais configurável, e na verdade, até os programas tendem a ser mais configuráveis.

Dito isto tudo isto, no mundo do suporte técnico, muitos dos programas Linux têm código aberto, ou seja, a comunidade Linux é simplesmente brutal, estando sempre a trabalhar na resolução de problemas, ou novos programas. Além disso, é também uma comunidade geralmente muito simpática, pronta a receber novos utilizadores para as suas hostes.

Muito resumidamente, o Linux é para quem quer configurar o sistema operativo ao seu gosto, quer aproveitar uma máquina mais antiga, ou precisa de trabalhar com computação de alta performance. Entretanto, o Mac OS é para quem quer um sistema operativo bem organizado que simplesmente funciona (curiosamente também é baseado em Linux), já o Windows é para resto das pessoas, o chamado utilizador ‘normal’.

Resumo das diferenças entre o Windows e Linux:

  • Preço: A grande maioria das distribuições Linux são gratuitas. O Windows custa entre 100~200€ nos sites oficiais (Exemplo)
  • Facilidade de Uso: Windows leva a vantagem por ser o ‘standard’, sendo ensinados nas escolas, etc… Mas o Linux está muito melhor neste aspeto ao apresentar um UI muito similar e fácil de perceber.
  • Confiabilidade: A maioria das distribuições Linux são notoriamente confiáveis e muitas vezes podem funcionar durante meses ou anos sem precisar de um único reboot. O Windows é também um SO confiável, mas são níveis bem diferentes.
  • Compatibilidade com Software: O Windows ganha de uma forma massiva por ser o SO mais popular do mercado. No entanto, o Linux tem uma grande variedade de programas, utilitários ou jogos disponíveis, a grande maioria disponível de forma gratuita.
  • Hardware (Suporte): As drivers ainda são um problema no mundo Linux. Problema que não existe no Windows.
  • Segurança: O Linux é e sempre foi um SO super seguro, especialmente em comparação ao Windows que está na mira de todos os atacantes à face da terra.
  • Código-Fonte: A grande maioria das distribuições Linux bem como os seus programas são de código aberto. Por isso, os utilizadores podem personalizar ou modificar o código sem qualquer problema. O mundo Windows é muito mais fechado.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário