Windows 11 está oficialmente confirmado por documentos Microsoft

A Microsoft vai anunciar o novo sistema operativo Windows 11 juntamente com a nova app store no dia 24 de Junho. Dito isto, embora a empresa ainda não tenha revelado oficialmente o que vai apresentar, já não há dúvidas que será uma das maiores mudanças no Windows de sempre.

Windows 11 está oficialmente confirmado por documentos Microsoft!

Ora com o número de teasers e leaks, já conhecemos muitos pormenores. Mas há uma questão. É que apesar da versão preview que chegou à Internet e do número de teasers oficiais, há muitas pessoas que consideram que o Windows 11 era falso e não existe.

Ora se está enquadrado no lote de pessoas que tinham dúvidas então posso-lhe dizer que a Microsoft deixou escapar um documento de suporte por acidente. Nele fica confirmado que o Windows 11 é mesmo real. Isto está presente na documentação do Microsoft Azure.

Apesar deste leak confirmar que o Windows 11 vai coexistir com o Windows 10, não revela nada no que diz respeito às datas de lançamento global.

Assim ainda não sabemos se os Windows Insiders vão receber as versões preview na mesma data da revolução. Se tivéssemos de adivinhar diríamos que sim.

Outra coisa que não sabemos é se as versões estáveis chegam mesmo em Outubro.

Existe uma possibilidade que esse update chegue em meados de Dezembro. Vamos ver se teremos de estar tanto.

Claro que a data de lançamento final será influenciada pelo feedback dos insiders. Seja como for a Microsoft não vai apressar o lançamento do novo sistema operativo. Afinal de contas ninguém quer que ele chegue com bugs, como acontece com muitos updates que vão sendo lançados.

Entretanto é também possível aumentar o tamanho da barra de tarefas.

Para além de um novo sistema operativo a Microsoft está finalmente a trabalhar numa nova loja de apps para o Windows 11. Será totalmente redesenhada e vai contar com novas funções. Na prática vamos ficar a conhecer tudo isto no dia 24 de Junho.

De acordo com as informações anteriores, espera-se que a loja de aplicações do Windows 11 chegue com um novo design, maior desempenho e suporte melhorados para novas políticas de desenvolvimento.

Entretanto deverão chegar à loja aplicações muito populares como o Google Chrome e o Firefox como refere o site Windows Latest

Entretanto ao contrário da Google Play Store ou da Apple Store, a Microsoft Store vai permitir que os programadores utilizem o seu próprio sistema de pagamentos para compras dentro da aplicação. Isto é uma grande cartada já que vai dar mais mimo aos programadores do que as outras lojas. De facto, a Microsoft vai precisar de atrair o maior número de developers que conseguir para ter o maior sucesso.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Processador ‘limitado’? Sim! Mas o iPad mini 6 impressiona!

Muito provavelmente devido à crise de produção atual, a Apple foi obrigada a utilizar diferentes versões do SoC A15 Bionic, nas suas diferentes gamas...

Microsoft confirmou. TPM 2.0 é obrigatório! Até nas máquinas virtuais

O Windows 11 está mesmo prestes a chegar ao mercado, visto que a sua data de lançamento já foi antecipada do 11.11 para o...

AMD vai ter placas muito mais rápidas (mas mais caras) em 2022!

Esta não é a primeira vez que vemos alguns rumores a falar acerca da nova geração de placas gráficas AMD Radeon, mas uma coisa...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!