IRS: o que tem de fazer se fez vendas em segunda mão

Recentemente falou-se muito das vendas em segunda mão, sobretudo em plataformas como o OLX e a Vinted e há uma coisa que poderá fazer toda a diferença. Ou seja, se vende coisas ocasionalmente a realidade é uma, mas se é vendedor profissional as coisas serão diferentes. Mas de que modo é que as vendas em segunda mão poderão influenciar o IRS?

É verdade que a diretiva a este respeito já foi transporta como afirma a DECO PROteste. Assim entre as alterações introduzidas está prevista a distinção entre os vencedores profissionais e aqueles que apenas vendem as coisas porque já não necessitam delas. Para além disso, as plataformas também está previsto que as plataformas comuniquem os dados sobre os vencedores considerados ativos à Autoridade Tributária. Ou seja, tudo vai definitivamente mudar.

Mas de que forma as vendas em segunda mão influenciam o IRS?

Isto tem sido uma questão muito colocada aos contabilistas e às finanças, sobretudo depois das notícias sobre as plataformas de vendas terem chegado a todo o lado. No entanto, este ano ainda pode estar tranquilo.

olx, vendas em segunda mão IRS

Assim se faz vendas em segunda mão este ano não tem de declarar este ano no IRS os rendimentos obtidos como afirma a DECO PROteste.

Se faz vendas em segunda mão, seja fisicamente ou através de aplicações para este efeito, saiba que não tem de declarar no IRS os rendimentos obtidos através destes negócios, de acordo com a DECO PROteste.

“A venda de bens entre particulares (livros, roupa etc.) não está sujeita a IRS nem a qualquer outro imposto, pelo que não tem de ser declarada. É possível que as regras venham a mudar, mas ainda não será para já”.

Quando é que fica no radar das finanças?

Para estar no radar das finanças tem de ser considerado vendedor profissional. E os critérios para isto não são difíceis de perceber. São as pessoas que fizerem mais de 30 transações anuais e que ganhem mais de dois mil Euros num ano.

Ou seja, se costuma fazer vendas online tem mesmo de dar atenção a isto. É que basta fazer 31 vendas por ano para passar para o radar. Para além disso, se não for pelo número de vendas, pelo valor é ainda mais fácil. Basta vender um computador ou dois telemóveis usados e pode passar logo a estar sobre a atenção das finanças.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.