Vendas de smartphones dobráveis estão a abrandar!

Não é difícil de adivinhar que o mercado de smartphones dobráveis foi dominado pela Samsung em 2023. Entretanto espera-se um resultado semelhante em 2024. De acordo com a empresa de estudos de mercado TrendForce, os envios globais de smartphones dobráveis ultrapassaram 15.9 milhões de unidades em 2023. No entanto a verdade é que nem tudo é perfeito. De facto, as vendas de smartphones dobráveis estão a abrandar e já lhe vamos dizer as duas razões.

Vendas de smartphones dobráveis estão a abrandar!

Os smartphones dobráveis representaram cerca de 1,4% do mercado de smartphones no ano passado. Isso também significa que as remessas globais no segmento de dispositivos dobráveis foram 25% maiores em 2023 em comparação com 2022.

No entanto, os observadores do mercado esperam que as remessas em 2024 aumentem apenas 11%, até 17,7 milhões de unidades. A TrendForce atribui este abrandamento a preocupações com a durabilidade e aos preços elevados.

Alguns potenciais compradores receiam que os equipamentos se possam partir

A TrendForce acredita que o abrandamento do mercado dos smartphones dobráveis é causado por dois fatores principais. Um deles é o facto de os telemóveis dobráveis não serem tão fiáveis como os normais, e os clientes que possam estar a enfrentar problemas com os telemóveis dobráveis têm uma elevada probabilidade de voltar a utilizar tudo de forma padrão. Ou seja, o mercado de smartphones dobráveis tem uma baixa taxa de retenção.

vendas de smartphones dobráveis

- Advertisement -

O segundo fator citado pelo observador do mercado tem a ver com os preços. Os telemóveis dobráveis ainda têm um preço elevado. No entanto, a padronização da produção em massa de componentes-chave pode ajudar a baixar os preços.

Há rumores de que a Samsung está a trabalhar num smartphone dobrável mais acessível para um lançamento em 2024. Uma variante mais barata do Galaxy Z Fold 6 pode ajudar a solidificar a posição da empresa, mas nada está confirmado.

Em 2023, a Samsung tinha uma participação de mercado de smartphones dobráveis de 66,4%, diminuindo de cerca de 80% em 2022.

A Huawei tinha a 2ª maior quota de mercado de telefones dobráveis, graças à sua popularidade na China, e a marca representava 11,9% do mercado global.

Este ano, a TrendForce estima que a quota de mercado da Samsung caia para 60,4%, enquanto a da Huawei poderá subir para 19,8%. No futuro, diz-se que a Samsung pretende manter uma quota de mercado global de cerca de 60%.

Curiosamente, embora a Oppo e a Vivo tenham negado os rumores sobre a sua saída do mercado de telemóveis dobráveis, a TrendForce sugere a possibilidade de estas duas marcas poderem realmente interromper os seus planos para telemóveis dobráveis verticalmente do tipo flip este ano e concentrarem-se exclusivamente em dispositivos do tipo livro.

A terceira maior marca de telemóveis dobráveis em 2023 era a Xiaomi. Ela conquistou 5,3% do mercado. Outras marcas de telefones combinadas, incluindo Vivo e Oppo, representaram os 16,4% restantes da participação global.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.