Intel

A Intel tem tido problemas atrás de problemas nas suas linhas de produção, muito graças ao falhanço que foi a passagem para o processo de 10nm, que pelos vistos até está prestes a ser cancelado.



Afinal de contas, a gigante dos micro-processadores teve de voltar aos 14nm, ficando com demasiados produtos a utilizar o mesmo processo. O que causou toda uma saturação das suas fábricas, e levou a uma escassez de stock que ainda se sente em 2019, e deverá continuar até 2020.

Apesar das melhorias na segunda metade de 2019, parece que a escassez de produtos Intel é para continuar!

Intel

Portanto, depois de 14 meses desde o anúncio das dificuldades na produção, eis que a ‘crise’ da Intel parece ter planos para continuar, pelo menos até ao segundo trimestre de 2020.

Dito isto, caso não se lembre, tudo foi causado quando a transição para os 10nm falhou em Agosto de 2018. O que levou a um re-equipar e re-estruturação das linhas de produção de 14nm que já tinham sido desativadas.

Foi também nesta altura em que a Intel decidiu dar prioridade aos produtos com maiores margem, nomeadamente os de gama alta. O que acabou por ser terrível para todo o mercado de portáteis budget, com várias empresas como a HP, Lenovo e até a Microsoft, a virem a público dizer que a culpa pela queda nos lucros foi da Intel.

A crise na produção deveria acalmar no terceiro trimestre de 2019! Contudo, parece que algo correu mal

Aparentemente, alguns executivos da HP e Lenovo especularam um pouco sobre todo este assunto dizendo que as dificuldades da Intel não estão apenas nos produtos de gama baixa/média… É algo que se estende a todo o seu portfólio.

Curiosamente, o COO da Lenovo (Gianfranco Lanci) disse mesmo que o crescimento no segmento de PC foi baixo graças ao que se passa na Intel. Um sentimento que a IDC e Gartner parecem partilhar.

Porquê tanto tempo para resolver este problema? Pelo vistos, é possível que não exista solução!

Lanci da Lenovo especula que os problemas da Intel podem ser graças a um problema de produção, ou mesmo de um problema grave na própria arquitetura dos processadores. Algo preocupante para todos os fabricantes que dependem da Intel para comercializar os seus produtos.

Entretanto, a Intel permanece em silêncio…


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.