Mate 30 Pro Leak

Há muitos rumores a emergir acerca do novo Huawei Mate 30. Um deles é que não haverão aplicações Google, nem tão pouco serviços. No entanto, a Huawei já arranjou forma de contornar este problema. Agora um leak de última hora revelou uma imagem ao vivo do Mate 30 a correr o Android de base. O Android Open Source Project (AOSP) é uma versão open-source do Android sem serviços Google e que pode ser obtida por qualquer empresa sem licenciamento.

Última hora: imagem ao vivo do Mate 30 revela sistema operativo!

Esta versão é facilmente reconhecida pelo aspeto da sua interface e também pelo Google Widget que parece bastante antigo mas na realidade não o é. No entanto, este equipamento que foi visto parece não ter o EMUI por cima. Só assim se explica o ecrã principal. Na versão que nos vai chegar às mãos teremos a interface da Huawei por cima do Android e como tal não vamos notar qualquer diferença.

Este é um bom truque por parte da Huawei. Na prática os Estados Unidos não permitem que a Google colabore com a empresa chinesa. Assim, eles recorreram a esta forma. A versão é open-source e como tal pode ser utilizada por qualquer pessoa.

Claro que isto dará origem a algumas diferenças e algumas delas são boas.

Logo à partida teremos um smartphone mais rápido, pelo facto de existir muito menos tralha a configurar e a correr em segundo plano.

Não havendo Google, quando ligarmos o equipamento pela primeira vez só teremos eventualmente de configurar a conta Huawei para podermos aceder à loja de Apps. Depois será tudo normal. 

O responsável pela unidade de consumo da Huawei, Richard Yu referiu que a sua empresa procurou possibilidades para permitir que os utilizadores instalem aplicações da Google na versão open-source do Android que vem no Mate 30. Ele também afirmou que o processo de instalação destas aplicações será “bastante fácil” devido à natureza de código aberto deste sistema operativo. O responsável da Huawei referiu ainda que há diversos programadores a trabalharem nisto. Por estranho que pareça isto não é algo de novo.

A Meizu, uma marca conhecida de smartphones na China, permite que os utilizadores instalem os serviços da Google através da sua própria loja de aplicações. Assim, a Huawei pode estar a trabalhar numa solução semelhante para a gama Mate 30 e para os próximos dispositivos móveis.

Dito isto, é bem provável que após a configuração, instalemos as apps da Google através da loja de aplicações da Huawei, a App Gallery,

Quer saber mais sobre a nova gama Mate 30? 

Huawei Mate 30 Pro: leak revela todas as especificações!