Trabalhador morre asfixiado numa fábrica da Samsung na Coreia do Sul

As práticas precárias de segurança na Coréia do Sul voltaram a ser notícia devido à morte de uma pessoa pela fuga de dióxido de carbono numa fábrica de chips da Samsung Electronics em Suwon. As vítimas incluem um trabalhador e dois outros de 26 e 54 anos que ainda continuam inconscientes.

O infeliz acidente aconteceu na terça-feira enquanto este trio inspecionava as instalações desta fábrica. A vítima mortal tem 24 anos.

A Samsung afirmou que a causa de morte foi asfixia devido a uma fuga de dióxido de carbono. No entanto está ainda a decorrer uma investigação oficial.

Importa salientar que os acidentes fatais em grandes empresas como esta fizeram têm feito as manchetes dos jornais na Coreia do Sul, que ainda luta para melhorar os padrões de segurança nas fábricas.

Só em janeiro deste ano, quatro trabalhadores morreram também por asfixia devido a uma fuga de gás numa siderurgia da Posco – a maior do país na cidade de Pohang.

Entretanto, também em Agosto do ano passado, quatro pessoas morreram quando o tanque de combustível de um navio em construção explodiu na sede da STX Offshore and Shipbuilding, na cidade de Changwon, no sul do país.

Siga a Leak no Google Notícias e não perca todas as informações mais importantes.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.

Artigos relacionados