TikTok bloqueado na Itália e a situação não está famosa!

O governo italiano bloqueou o TikTok após uma menina de 10 anos morrer asfixiada por participar num desafio que infelizmente é muito comum. Não respirar pelo maior tempo possível! Aliás isto é apenas um exemplo dos muitos desafios que circulam pela Internet. O problema é que colocam em risco a vida dos mais novos. Por isso Itália fez muito bem em banir o TikTok enquanto decorrem as investigações.

TikTok bloqueado na Itália e a situação não está famosa!

Segundo a investigação a menina morreu após amarrar um cinto ao pescoço. Isto enquanto gravava um vídeo para esta aplicação.

Tiktok Itália

Entretanto o bloqueio em Itália acontece uma semana depois do Tiktok anunciar novas regras para proteger os utilizadores de 13 a 15 anos.

No entanto a rede social demonstrou que é capaz de comprovar a idade dos utilizadores e de cumprir a lei italiana (que exige consentimento explícito dos pais para menores de 14 anos) como também as suas próprias regras, que proíbem acesso a menores de 13 anos.


Menina de 12 anos leva o TikTok a tribunal de forma anónima!


Seja como for foi determinado um bloqueio até 15 de fevereiro de utilizadores menores de idade!

De acordo com o porta-voz do TikTok “A Privacidade e a segurança são prioridades máximas e trabalhamos constantemente para fortalecer as nossas políticas, processos e tecnologias para proteger toda a comunidade e os utilizadores mais jovens”.

Não é a primeira vez que ocorrem problemas com o TikTok. E já nem falo noutros países. É que o Tribunal italiano já tinha aberto um caso contra o TikTok em dezembro de 2019, por não proteger menores de idade.

Tiktok Itália

Os vídeos marcados com a hashtag #blackoutchallenge tinham 24 milhões de visualizações, no entanto nos que estão disponíveis não existe sugestões explícitas de sufocamento.

Em suma o Tiktok removeu 104 milhões de vídeos com conteúdo considerado impróprio no primeiro semestre de 2020 e isto é algo positivo. No entanto é preciso muito mais para se evitar estes problemas.

Ademais o que pensa sobre isto tudo? Deixe o seu comentário em baixo!

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt

Leia também