Deixar a televisão ligada enquanto dorme é uma má ideia!

Muitas pessoas adormecem com a televisão ligada, mesmo quando não é essa a intenção. De facto, há algo na TV que em muitos casos ajuda facilmente a adormecer uma pessoa cansada. Mas se alguma vez acordou no dia seguinte com o televisor ligado e se perguntou se não seria melhor tê-lo desligado, não é o único. Deixar a televisão ligada enquanto dorme é geralmente uma má ideia por várias razões.

Deixar a televisão ligada enquanto dorme é uma má ideia!

Pode aumentar significativamente a sua fatura energética

A questão é saber quanto é que a sua fatura de energia pode aumentar. A resposta depende da potência do seu televisor e do valor que paga por quilowatt-hora (kWh) à companhia de eletricidade. Com estes números e a quantidade de tempo que passa a dormir, é fácil calcular o custo mensal de energia de deixar o televisor ligado toda a noite.

desperdiçar eletricidade, reduzir a conta da luz!

Para encontrar a potência do seu televisor, tem várias opções. Pode procurar na parte de trás do televisor para ver se a potência está indicada, possivelmente num autocolante com a classificação Energy Star. Se não a encontrar no televisor, tente fazer uma pesquisa na Internet sobre o seu modelo específico. O manual do utilizador também o deve indicar.

Para saber quanto paga por kWh, consulte a sua fatura de energia mais recente ou veja online.

- Advertisement -

Finalmente, considere quantas horas dorme com a televisão ligada por dia e quantos dias por mês. Em média, uma pessoa dorme cerca de oito horas por dia, mas isso varia. Com estes quatro números, pode calcular o seu custo mensal utilizando uma fórmula simples.

[(Potência do televisor x Horas passadas a dormir) ÷ 1000] x (Dias por mês em que dorme com o televisor ligado) x (Custo por kWh)

Introduza estes números para saber o preço que paga todos os meses.

Pode diminuir a vida útil do seu televisor

Há algumas décadas, deixar o televisor ligado durante longos períodos de tempo era um grande erro. Nessa altura, a maioria dos modelos tinha ecrãs LCD que se podiam queimar por transmitir uma imagem durante demasiado tempo. Os primeiros televisores com ecrã de plasma eram ainda mais susceptíveis. Por isso, se ainda tiver um televisor LCD sem retroiluminação LED ou um televisor de plasma, deixá-lo ligado enquanto dorme irá provavelmente danificar o seu ecrã ao longo do tempo.

streaming mais caro, sites de streaming dados, netflix, streaming, trocar dispositivo de streaming

Hoje em dia, a maioria dos televisores tem ecrãs com retroiluminação LED, que não se queimam tão facilmente devido a uma utilização prolongada. Assim, é provável que possa deixar o seu televisor LED no menu do Netflix durante várias horas sem se preocupar com o grande N vermelho que queima no meio do seu ecrã. Infelizmente, há um novo risco.

As Smart TVs estão mais acessíveis do que nunca, mas os fabricantes, por vezes, cortam caminho para manter os preços baixos. A doença mais comum das smart TVs é a fraca dispersão de calor. Como têm processadores e outro hardware gerador de calor, as smart TVs LED podem aquecer quando são deixadas ligadas durante muito tempo. Isto pode danificar os seus componentes internos e reduzir significativamente a sua vida útil. De facto, muitos especialistas recomendam que se desligue o televisor de poucas em poucas horas para o deixar arrefecer.

Pode ser prejudicial para a qualidade do sono e para a saúde

Estudos sugerem que as luzes dos ecrãs digitais podem ter um impacto negativo na qualidade do seu sono e, consequentemente, na sua saúde. Por exemplo, a luz azul artificial pode confundir o seu ritmo circadiano, pelo que olhar para o seu smartphone na cama pode causar problemas de sono. O mesmo se aplica aos ecrãs de televisão, embora nem todos emitam a mesma intensidade de luz azul.

tv, iptv, streaming

Sacrificar a qualidade do sono é uma má ideia. De facto, dormir mal pode levar a problemas de saúde a longo prazo. A privação crónica de sono pode causar um “aumento do risco de hipertensão, diabetes, obesidade, depressão, ataque cardíaco e acidente vascular cerebral.

Entretanto clique aqui para seguir a Leak no Google Notícias e ficar a par de todas as informações mais importantes. Pode também subscrever aqui a nossa Newsletter e receber as notícias no seu e-mail.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Especiais

Subscreva a Newsletter Leak

Não perca nenhuma informação importante! Subscreva a newsletter Leak e receba todas as notícias, destaques e outras informações importantes no seu e-mail.