(Especial) Teclado Mecânico vs Membrana: Qual é o melhor?

(Especial) Teclado Mecânico vs Membrana: Qual é o melhor? – Quando se fala em fazer uma atualização ao computador, falamos inevitavelmente de Processadores, Placas gráficas, etc… Porém, esquecemo-nos de algo que usamos todos os dias… O teclado!

Como deve imaginar, sem teclado seria completamente impossível interagir com o mais potente dos computadores. Dito isto, em boa verdade, este componente pode fazer uma grande diferença no seu conforto ou performance seja a trabalhar ou jogar.

Assim, embora o mercado esteja inundado de produtos baratos que nos dão a ilusão de que todos os periféricos são iguais entre si, basta utilizar um teclado de qualidade para percebermos que a história não é bem assim.



(Especial) Teclado Mecânico vs Membrana: Qual é o melhor?

teclado

Teclado de Membrana

Portanto, a grande maioria dos teclados encontrados no mercado são de membrana. Ou seja, possuem três camadas de plástico combinadas entre si debaixo das teclas propriamente ditas. Caso não saiba como tudo isto funciona, vamos tentar explicar…

Quando a parte superior e a parte inferior deste material se tocam, é enviado um sinal elétrico ao computador que lhe indica a tecla que foi pressionada em dado momento.

Entretanto, a camada central possui um pedaço de borracha ou silicone que não só é responsável por fazer a ligação entre as duas partes, como dá a resposta tátil (quase sempre horrível) que sente ao carregar numa tecla.

É uma tecnologia super simples, que tem como principal vantagem o seu preço! Afinal de contas, pode entrar em qualquer loja e trazer um teclado por uns míseros 5€.

No entanto, a borracha não dá uma resposta tátil muito satisfatória ao utilizador. Aliás, é extremamente difícil perceber qual a pressão necessária para ativar uma dada tecla. Além disso, muitas das vezes a tecnologia “Anti-Ghosting” é difícil de encontrar neste tipo de produtos.

É basicamente a escolha para quem não tem orçamento para voos mais altos, mas se pretende conforto e desempenho, talvez deva ler o resto deste artigo.


Teclado Mecânico

Este tipo de teclado substitui o material de borracha por mecanismos mecânicos.

Em suma, isto faz com que exista um retorno mais rápido das teclas à sua posição original, ao mesmo tempo que é possível notar uma redução na força necessária para pressionar dada tecla. Ao fim ao cabo, devido ao mecanismo mais avançado, estas providenciam uma resposta tátil acompanhada com o famoso “clique”, que lembra as antigas máquinas de escrever.

Têm ainda uma camada de resina electrónica coberta por um material condutor, que permite que diversas teclas sejam pressionadas ao mesmo tempo, o tão popular “Anti-Ghosting“.

  • Anti-Ghosting – Possibilita pressionar várias teclas rapidamente, funcionalidade muito importante no Gaming, onde é preciso inserir diversos comandos rapidamente, ou ao mesmo tempo.

Tipos de switch mecânico

switch, teclado

Switch MX Cherry

A maioria dos teclados mecânicos disponíveis no mercado utilizam mecanismos conhecidos como “switches”, nomeadamente os reputados Cherry MX.

  • Switch – É um componente electrónico que liga ou quebra um circuito eléctrico quando é utilizado.

Ou seja, cada um destes switches dá ao utilizador respostas sonoras e táteis diferentes, o que resulta na necessidade de usar quantidades diferentes de força para acionar uma tecla. Por isso é que existem várias escolhas no mercado, para que o consumidor consiga ter o teclado que mais se adapta ao seu estilo.

Podem ser identificados através da sua cor, que basicamente referencia o tipo de tecnologia que usa.

Dito tudo isto, as próximas linhas são muito importantes, pois o seu gosto pessoal reina nesta escolha.

switches, teclado

Blue – Costuma ser o favorito de quem gosta de escrever, devido ao seu feedback táctil e o clássico “click”, é o meu switch favorito, mas pode levar quem estiver ao pé de si à loucura !

Red – O Cherry MX Red devia ser o switch mais silencioso, mas como é muito leve e também linear, o impacto da tecla na “caixa” do switch, faz com que ele seja, na verdade, um dos mais barulhentos.

Brown – É basicamente um Cherry MX Red com feedback tátil, possuem a mesma força de atuação. É  bom tanto para escrever como para jogar, por isso é o switch que uso no meu teclado.


Switches mecânicos fora do domínio Cherry MX (Razer, Logitech, etc…)

Quando a Razer lançou o seu primeiro teclado mecânico, o BlackWidow, este utilizava switches Cherry MX Blue na sua versão normal e Cherry MX Brown na sua versão stealth

Contudo, no final de 2013, a marca decidiu criar seus próprios switches. Os Razer Switches.

E claro, isto causou alguma polémica, pelo simples facto de a marca ter decidido deixar a cargo a produção destes switches à Kaihua, fabricante Chinês dos switches Kailh, que são basicamente clones dos switches MX Cherry.

Deixo-vos a diferença no som de cada switch – Nada de gozar com a minha mão 😀

Razer Green – Switch com resposta táctil e um “click” bastante audível, muito semelhantes ao MX Cherry Blue.

Orange – Switch com resposta tátil, mas muito mais silenciosos que os green, parecidos com os MX Cherry Brown.

Yellow – Switch linear, ou seja, sem feedback tátil, e silencioso, como os MX Cherry Red.

Entretanto, outras fabricantes também começaram a produzir os seus próprios Switches. Como a Logitech com o seu RomerG, ou até a Razer com os novos Switches a laser.


(Especial) Teclado Mecânico vs Membrana: Qual é o melhor? – Conclusão

Muito resumidamente, é fácil confundir um switch Razer Green com um Cherry MX Blue ou um Kailh Blue. Eles são todos semelhantes, e em todos eles vai ter uma boa resposta tátil e um “click” bastante audível, o mesmo pode ser dito para as restantes versões dos switches.

É verdade que existem diferenças subtis, mas o utilizador normal nunca as irá conseguir identificar a não ser que esteja a fazer uma comparação lado-a-lado.

Isto para dizer o quê ?

Tudo isto depende da vossa preferência. Houve uma altura em que o controlo de qualidade da Razer com os seus switches fabricados pela Kailh não era o melhor, mas estas dificuldades foram há muito ultrapassadas, e não é por acaso que é das marcas que mais teclados vende no mundo.

Ainda assim, na minha opinião deve experimentar o mais que conseguir, para perceber o que realmente se adapta mais ao seu estilo de escrita, com um Tester como o que utilizei no vídeo em cima, ou que pode ver na imagem em baixo. Aqui poderá testar vários tipos de switch lado a lado.

switch, tester, teclado

Para finalizar, o que lhe posso dizer é que a mudança de um teclado de membrana para um teclado mecânico vale muito a pena! Especialmente para quem passa muito tempo ao computador. É quase obrigatório, se tiver orçamento para investir num menino destes claro está.


(Especial) Teclado Mecânico vs Membrana: Qual é o melhor? – Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também