Os SSDs ‘gordos’ vão revolucionar o mercado!

Nos últimos dias, muito graças à iminente chegada dos novos processadores Ryzen 7000, e motherboards B650 e Z670, tudo da AMD, temos recebido várias notícias acerca do lançamento de SSDs agora baseados no padrão PCIe 5.0.

Dito isto, gostou do aumento de velocidade relativo à passagem do padrão PCIe 4.0 para o padrão PCIe 5.0? Então vai adorar os novos SSDs!

É que apesar de o formato ter de mudar um pouco, com SSDs M.2 NMVe um pouco mais largos a chegar ao mercado, a velocidade vai passar para perto do dobro!

Mas lá está, como o dobro é muito possivelmente um exagero para vários consumidores, o mercado vai ter de se adaptar! Por isso, ao contrário daquilo que aconteceu com os SSDs PCIe 4.0, vamos ver alternativas para todos os gostos, e todos os preços, com velocidades bastante diferentes.

O primeiro SSD gordo PCIe 5.0 já está pronto e a caminho

Portanto, nos últimos dias, já noticiámos o desenvolvimento e até lançamento de SSDs PCIe 5.0 capazes de ultrapassar a marca dos 14GB/s. Algo incrível, visto que já temos acesso à tecnologia DirectStorage API no Windows 11. O que por sua vez vai resultar numa melhoria espetacular nos tempos de loading dos jogos mais recentes.

Contudo, como o salto de performance é realmente muito significativa relativamente à anterior geração, que verdade seja dita, ainda tem taxas de adoção bastante baixas. É necessário separar os novos componentes por categoria de preço! Assim, vamos obviamente ver SSDs um pouco mais lentos que os já mencionados 14 GB/s, muito provavelmente a rondar os 10GB/s e 12GB/s, mas com preços mais apelativos para o consumidor final.

Ao fim ao cabo, desta forma é possível vender SSDs extremamente rápidos, a um preço mais apelativo.

Sendo exatamente isto que a Phison está a fazer, ao demonstrar um SSD de referência, baseado no controlador PS5026-E26 e chips de memória 3D TLC NAND da Micron.

Um componente capaz de chegar aos 12GB/s no campo da leitura sequencial, e 10GB/s no campo da escrita sequencial. Números impressionantes, tendo em conta que as atuais drives PCIe 4.0 ficam pelos 7GB/s.

Quanto à “gordura a mais“, este SSD está a usar um formato M.2 2580, em vez do mais tradicional M.2 2280. É basicamente o que temos vindo a noticiar… Os SSDs vão mudar, e muito, a partir de 2022. O que vai trazer alguma incompatibilidade com as motherboards mais antigas. Mas claro, sendo muito sincero, meter um SSD PCI 5.0 numa motherboard PCIe 4.0 ou 3.0 não faz muito sentido, visto que apesar de funcionar, os utilizadores não iriam aproveitar a velocidade extra.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? É uma boa maneira de separar o trigo do joio? Chegando a mais utilizadores? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Não perca nenhuma informação importante. Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir ou no símbolo da estrela no canto superior direito.

Subscrever

Outros artigos

Se anda de trotinete pode ter de pagar estas multas!

Não há dúvida que as trotinetes são bastante úteis....

AMD Ryzen 7 7700X sorriu para as câmeras!

Como deve saber, a AMD está a preparar-se para...

Windows 11 22H2: a nova versão chega a 20 de Setembro!

Quem andava ansioso pela nova versão do Windows 11,...

Para estar seguro não basta apagar o histórico do Chrome!

Pelas mais variadas razões podemos ter necessidade de apagar...

Android: resolva agora os problemas mais comuns!

O Android é um sistema operativo muito intuitivo, fiável...
mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.