Software de atualizações Asus, utilizado para espalhar Malware?!


Por em

Recentemente o sistema de atualizações da Asus foi alvo de ataques, com o objetivo de distribuir Malware em grande escala. Pois bem, de acordo, com o Kaspersky Lab, quase 1 milhão de computadores Windows, foram afetados.

Os mesmos afirmam, que a atualização de segurança falsa, encontrava-se desenhada como uma atualização critica de segurança!

Assim, foi facilmente distribuída pelos servidores da própria Asus, com um certificado real que a fez parecer totalmente legitima.

Até ao momento, não foi possível saber o que os hackers andavam atrás. No entanto, informações revelam que os mesmos tinham como alvo, clientes da própria empresa.

Afinal de contas, todo o Malware espalhado continha instruções especificas para 600 sistemas em concreto, identificados por endereços MAC

Que, aquando da sua detenção, fariam com que o Malware instala-se programas maliciosos com o objetivo de comprometer todo o sistema.

O Kaspersky, sistema de segurança e anti-vírus, classificou este ataque como um “ShadowHammer”.

Este tipo de ataque é frequentemente associado como um ataque de espionagem. Em que a ideia é espalhar-se amplamente por imensos sistemas e computadores. Causando pouco ou nenhum dano à maioria dos infectados… Apenas os alvos sofrem com estes ataques.

Saiba, que a Asus ainda não disse nada acerca desta descoberta, da Kaspersky.

Questionada sobre tudo isto, a Asus negou que o Malware tenha sido distribuído através dos seus servidores.

Kaspersky informou que apesar do Malware ter-se espalhado por um milhão de computadores. A estimativa de computadores, que instalaram o vírus é nas “centenas de milhares”.



Em boa verdade, atacar o sistema de atualizações de segurança de uma grande empresa, é realmente algo estranho, mas seguramente, muito perigoso. Visto que, abre um brecha a imensos computadores em grande escala, e tende a enganar o utilizador, que normalmente, confia cegamente na marca.

Em suma, se utiliza um computadores da Asus e o seu sistema de atualizações, pode mesmo ser um dos infectados. Todavia, se não for um dos alvos, nada ou quase nada lhe aconteceu.

Dito isto, mais detalhes sobre todo o Hack, serão revelados na próxima conferencia de empresa da Kaspersky, por isso esteja atento a próximas informações.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Utiliza, o anti-vírus do Windows, ou tem algum em preferencia? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Anterior

Tesla indecisa volta a subir os preços dos seus carros (Menos Model 3)

Nintendo Switch mini poderá vir a ser a sucessora da 3DS

Seguinte