Inicio Android Samsung vai recorrer aos chineses para competir com a Xiaomi

Samsung vai recorrer aos chineses para competir com a Xiaomi

Os próximos smartphones da gama Galaxy M da Samsung serão os Galaxy M51 e Galaxy M41, sendo que as primeiras renderizações surgiram em março. Agora e segundo o site coreano Elec, o M41 tem uma característica especial. Será o último a apresentar um painel OLED de outro fornecedor que não a Samsung Display. A ideia é baixar custos e permitir que os dispositivos da Samsung possam competir frente-a-frente com a Xiaomi no preço.

Samsung vai recorrer aos chineses para competir com a Xiaomi

A Samsung Display é líder de mercado na área dos painéis OLED para fabricantes de smartphones. No ano passado, a empresa “irmã” da Samsung Electronics teve uma participação de 80% no mercado de painéis OLED de pequena e média dimensão.

No entanto o monopólio da Samsung Display pode acabar em breve, já que os fornecedores de painéis chineses começaram a melhorar a sua qualidade nos últimos anos. De facto, a própria Samsung Electronics enviou uma solicitação de cotação (RFQ) para a BOE a pensar noGalaxy S21. Ainda assim, esses painéis falharam nos testes.

Samsung Xiaomi

Agora, de acordo com novas informações, o próximo Galaxy M41 vai apostar no painel OLED da China TCL China Star Optoelectronics Technology (CSOT). O ecrã flexível terá 6,67 polegadas com resolução FHD+ (1080 x 2340 pixéis) e proporção de aspecto 19:5:9.

O mesmo painel pode ser encontrado em smartphones de última geração, como as gamas Xiaomi Mi 10 e Motorola Edge.

As novidades revelam ainda que a Samsung Electronics também está a testar o painel OLED da BOE para o Galaxy M41. Assim, se a CSOT conseguir fornecer painéis para a Samsung, as futuras gamas Galaxy M e Galaxy A poderão apresentar ecrãs feitos por estas duas empresas chinesas em vez da Samsung Display.

O CSOT e o BOE já forneceram painéis LCD para os smartphones mais baratos da Samsung em ocasiões anteriores. Ao usar painéis OLED de baixo custo, porém confiáveis, de fornecedores chineses, a Samsung Electronics pode apostar em preços mais competitivos para concorrer com fabricantes como a Xiaomi. Por outro lado ao desenvolverem coisas para a Samsung, empresas como BOE e CSOT vão atrair mais clientes no futuro, aumentando a sua participação de mercado. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também

WhatsApp recebe uma mega-novidade! Vai usar?

O WhatsApp prepara-se para receber uma mega-novidade que todos querem! De facto, é talvez a que vai dar mais jeito a quem utiliza esta...

Bomba! Tom Cruise vai ser o próximo Iron Man em Avengers?

Cada vez vais temos a certeza de que o próximo filme dos Avengers irá contar com uma série de caras novas. Afinal de contas,...

OnePlus Nord: problema está a deixar utilizadores nervosos!

Os smartphones estão mais avançados do que nunca. No entanto, isso não significa que não tenham problemas. Que o diga quem comprou um OnePlus...

(Especial) É possível construir um PC Gaming por 500€?

(Especial) É possível construir um PC Gaming por 500€? - Pois bem, num mundo em os entusiastas ficam loucos com uma simples placa gráfica...

Ansioso por novos jogos? Eis os lançamentos de Outubro!

Todos os meses os jogadores têm acesso a fantásticos novos jogos e Outubro não poderia ser exceção. Mesmo apesar de por vezes os títulos...