Apesar do Samsung Galaxy S9 e S9+ estarem a fazer sucesso no mercado, foram também criticados devido à falta de inovação em comparação com o antecessor que foi um excelente salto geracional em 2017.

Por este motivo, a gigante Sul Coreana parece estar a apostar tudo para impressionar os consumidores! Um dos objetivos passa por um ecrã totalmente sem margens, mas não só.

Samsung Impressão digital

  • Análise/Review – Samsung Galaxy S9+, o Android mais poderoso? – aqui

A publicação Coreana ‘The Bell’ revelou que a Samsung conseguiu finalmente aperfeiçoar a produção em massa do sensor de impressões digital no ecrã, bem como a tecnologia de reconhecimento facial 3D para competir com o Face ID da Apple.

Estas tecnologias vão permitir à Samsung competir de igual para igual com os seus rivais, e vai também abrir as portas para uma grande mudança no design do sucessor do Galaxy S9, eliminando ainda mais as margens.

É verdade que parece muito cedo para começar a ver rumores sobre o Galaxy S10, ou qualquer que seja o nome que a Samsung vai escolher para o seu próximo passo na linha Galaxy S. No entanto, nesta indústria as coisas funcionam mesmo assim e é completamente normal que rumores comecem a aparecer de forma constante!

No entanto, falta quase um ano para o anúncio do sucessor do S9, o que parece indicar que a Samsung escolheu lançar o topo de gama de 2018 aperfeiçoando o já de si excelente S8, para ter tempo de desenvolver tecnologias realmente inovadoras e competitivas para dar tudo em 2019, com o Galaxy S10.

Como se irá chamar o próximo Galaxy S ?

Entretanto, a Samsung está a discutir uma possível mudança no nome do Galaxy S do próximo ano, para evitar confusão com o suposto ‘Galaxy X’ que deve ser lançado como forma de comemorar o décimo aniversário da linha, um pouco à semelhança da Apple com o iPhone X.

Alguns rumores já sairam a publico a dizer que o Galaxy Note 9 não irá dispor de um sensor de impressão digital no ecrã, mas depois desta evolução no desenvolvimento… talvez os planos mudem !

Fonte