Samsung Galaxy S10 pode matar a análise da íris. Saiba porquê!


Por em

A Samsung lançou a funcionalidade de análise da íris no Galaxy Note 7 em 2016. Desde então, esta empresa sul-coreano tem vindo a disponibilizar esta funcionalidade na série Galaxy S e Note. Agora novas informações revelam que esta tecnologia pode ter os dias contados. Isto pode ser uma realidade já no Galaxy S10 de modo a garantir uma melhor relação ecrã/corpo.

O fim da análise da íris chega com muitas vantagens

Ora isto já incide sobre os novos rumores que falam da existência de três variantes do Galaxy S10 que devem chegar ao mercado no início de 2019. As novas informações vindas da Coreia do Sul revelam este sensor foi removido em todas as variantes do Galaxy S10.

Entretanto e já que falamos de sensores de reconhecimento, o Galaxy A7 (2018) que foi anunciado recentemente vem com um sensor de impressões digitais montado na parte lateral. Especula-se que a edição mais acessível do Galaxy S10 pode vir com o mesmo tipo de funcionalidades. No entanto, outras informações falam de um sensor integrado no ecrã. Isto deve ser verdade para os modelos mais avançados do Galaxy S10. Este sensor ultra-sónico deverá ser disponibilizado pela Qualcomm.

De facto e a confirmar-se, o lançamento de três versões do S10 será sem dúvida uma boa ideia. É a mesma estratégia seguida pela Huawei que lança sempre uma versão Lite, uma standard e uma Pro e tudo tem corrido muito bem!

Samsung continua a dizer não à monocelha

Embora vários fabricantes de smartphones tenham lançado telemóveis com monocelha, a Samsung continuou a apostar no seu ecrã infinito 18.5: 9.

As variantes do Galaxy S10 podem apresentar uma câmara frontal dentro ecrã que vai ajudar a garantir maior espaço no ecrã. Informações recentes revelaram que o Galaxy S10+ pode oferecer uma relação ecrã-corpo de 93,4%.

Já que falamos na nova versão da linha Galaxy, a saída para auscultadores tem sido outro ponto quente.

Em notícias relacionadas, a Samsung anunciou recentemente o sensor GM1 de 48 megapixels e o sensor GD1-32 megapixels. A produção em massa do novo sensor da câmera começará no final deste ano. Por isso, especula-se que esses sensores possam chegar à série Galaxy S10 chegando no próximo ano. Pelo menos uma das três variantes do S10 deverá apresentar uma unidade de câmara tripla.

Leia também

Ou veja mais notícias de Android, Especiais

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.
Etiquetas
Anterior

Motherboad Gigabyte H310M suporta o i9-9900K… E memória RAM DDR3

Já conhece o Mate 20 Pro por fora. Agora veja-o por dentro!

Seguinte