Samsung quer câmaras de 600 megapixéis nos smartphones

Os smartphones estão cada vez mais perfeitos. Há uns 20 anos atrás em que até já ia aparecendo alguma coisa no campo dos telemóveis, estávamos todos muito longe de imaginar que de facto estes aparelhos que transportamos diariamente iam ficar tão completos ao nível de funcionalidades. Não há de tardar muito até que nem necessitemos de um computador e basta ligarmos o smartphone a um ecrã. É verdade que já há algumas abordagens mas falta algo. No entanto, estes dispositivos não servem apenas para trabalhar. A fotografia é um dos pontos fortes. De facto, tem sido um dos maiores elementos de marketing dos fabricantes. Basta olharmos para a Samsung e o Galaxy S20 Ultra 5G com a câmara de 108 megapixéis ou então para o Huawei P40 Pro. No entanto, a gigante coreana quer levas as coisa mais longe e prepara uma resolução impensável para as próximas câmaras. Falo em concreto de uma resolução de 600 megapixéis nos smartphones Samsung, mas já lá vamos.

Samsung quer câmaras de 600 megapixéis nos smartphones

Colocarmos a maior quantidade de pixéis num sensor parece uma tarefa simples. No entanto, não é. É que na prática um sensor com um número gigante de pixéis teria de ser enorme. Dito isto, é necessários reduzir os pixéis em tamanho para que os sensores sejam o mais pequenos possível. Ainda assim isto dá origem a outro problema. É que quanto mais pequeno foi um pixel menos informação de luz conseguirá recolher. O resultado podem ser imagens com uma qualidade mais fraca. Dito isto, é necessário equilibrarmos as coisas.

Samsung 600 megapixéis

De acordo com Yongin Park da Samsung, o olho humano tem uma resolução de 500 megapixéis e ainda existe um longo caminho a percorrer até se chegar lá. No entanto isto não impede a Samsung de tentar chegar aos 600 megapixéis. Dito isto, esta resolução tão elevada não será apenas usada nos smartphones. É que estará também disponível nos veículos autónomos, internet das coisas e drones. É exatamente por esta necessidade que a Samsung quer desenvolver sensores que tenham a capacidade de capturar mais detalhes que o olho humano. No entanto não foi revelada uma cronologia para isto.

Segundo ele, para o mais recente sensor de 108 megapixéis ISOCELL Bright HM1 foi implementada uma tecnologia proprietária Nonacell que aumenta significativamente a absorção de luz por parte dos pixéis. No entanto para chegar aos 600 megapixéis será preciso muito mais. Ou seja não basta um simples arranjo de 2×2 usado na tecnologia Tetracell nem de 3×3 que está presente na Nonacell. Resta agora saber como é que a Samsung vai conseguir fazê-lo sem sacrificar o tamanho.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Em destaque

Leia também