Ligue-se a nós

Hardware

Análise/Review – AMD Ryzen 2600, o rei do desempenho/preço!

Nuno Miguel Oliveira

Publicado a

Apesar da AMD ter ficado atrás da Intel em alguns jogos… O Ryzen 1600 foi facilmente um dos melhores processadores de 2017!

Aliás, hoje em dia até já o encontra por cerca de 150/160€, o que o torna ainda mais interessante! Ou seja, um valor incrível, tendo em conta que este processador consegue oferecer mais performance multi-thread que o i5-7600K, que era o ‘sweet spot’ para gaming da Intel da altura, custando significativamente mais.

Em suma, a AMD roubou o lugar à Intel no trono de ‘O processador a escolher se tem apenas ~200€ para gastar‘. Re-escrevendo o livro de regras para a performance desta gama de preços, ao oferecer muita performance num pacote barato e desbloqueado para brincar ao Overclock!

Dito isto, a Intel viu-se obrigada a aumentar o número de núcleos de 4 para 6 nesta gama de preços! Portanto, a AMD teve novamente de mexer com o mercado…

É aqui que entra o novo Ryzen 5 2600! Vamos à Review?

Esta segunda geração de processadores AMD Ryzen, consegue ser ainda mais competitiva nos preços! Estes CPUs são agora mais baratos do que aquilo que a primeira geração custava há cerca de 12 meses.

O Ryzen 5 2600 que tivemos a oportunidade de testar, custa agora apenas 199€, enquanto que no ano passado, custava cerca de mais 20/25€.

Agora estamos a lidar com a arquitectura de 12nm Zen+, o que significa um aumento na frequência base de 200MHz, e um boost ligeiramente mais alto que no ano passado. Visto que o Ryzen 5 1600 tinha uma frequência máxima de 3,65GHz enquanto que o novo 2600 consegue alcançar os 3.9GHz com ‘Precision Boost’ e ‘XFR’.

Além disto, temos ainda menores latências de memória e menos consumo energético, isto num pacote com 6 núcleos e 12 threads, acompanhados por 3MB de cache L2, 16MB de cache L3 e um TDP de 65W.

O que em termos de especificações, mete este processador em directa competição com o Intel Core i7-8700, mas na realidade o seu rival são os CPUs de média gama i5.

A Intel tem agora bastantes modelos de 65W todos dentro da mesma gama de preços. Mais notavelmente o i5-8400 que não tem Hyper-Threading e é bloqueado para overclock. Ou seja, para sermos justos, temos de comparar com o i5-8600K, que no entanto já custa cerca de 240€.

Sistema de teste

Testamos este processador com a excelente motherboard Gigabyte X470 Aorus Gaming 7 WiFi, 8GB de memória RAM G.Skill Ripjaws V a 3200MHz, bem como uma placa gráfica Radeon Asus Strix RX Vega 64.

Como Cooler usámos o CoolerMaster MasterAirG100M.


Nota do redator – Apesar da plataforma Ryzen já ter um suporte bastante alargado a várias RAMs, estes módulos deram algumas dores de cabeça.


Sistema de teste

  • CPU – AMD Ryzen 2600
  • GPU – Radeon Asus Strix RX Vega 64
  • MB – Gigabyte X470 Aorus Gaming 7 WiFi
  • RAM – G.Skill 8GB DDR4-3200MHz
  • SO – Windows 10

Testes

CPU-Z

Esta popular ferramenta para identificar informações chave do seu sistema, como frequência do processador, voltagem, versão da BIOS, etc.

Também inclui uma ferramenta para benchmark, que mede tanto a performance single-thread como multi-thread num teste extremamente rápido.

Resultado: Uma performance bastante convincente tanto em single thread como em multi thread, ficando apenas atrás dos Ryzen de gama superior e do Intel i7-8700K no teste multi-thread, e atrás do i5-8600K e i7-8700K no teste single-thread.

Cinebench R15

O Cinebench usa o motor de rendering ‘Maxon Cinema 4D’, para criar um cenário foto realístico de algumas bolas brilhantes e outros objetos estranhos. É um cenário complexo, com várias reflexões e sombras para testar o poder de processamento do CPU.

Como este motor é uma aplicação usada no mundo real, em filme como a Guerra das Estrelas ou os Avengers, pode ser visto como uma caso real de uso.

Comparações

Resultado: Mais uma vez, o pequeno Ryzen 2600 impressiona com a sua performance multi-thread, ao morder os calcanhares de um processador que quando saiu, custava cerca de 400€!

Jogos

Deus Ex: Mankind Divided

Na definição gráfica ‘Ultra’ este é um dos títulos mais exigentes para correr de forma fluída, sendo ainda um desafio para as mais recentes placas gráficas topo de gama.

Por isso, corremos o benchmark escondido no menu ‘Extras’, visto que é muito consistente e dá uma ideia do desempenho de todo o sistema num dos jogos mais pesados do mercado.

No entanto, tenham em conta que os FPS em jogo propriamente dito, são um pouco mais altos do que no benchmark. Pois, nem sempre vão ter esta exigência gráfica ao longo de todo o gameplay.

Mas claro que como o cliente alvo do Ryzen 2600 irá provavelmente jogar com umas definições gráficas mais modestas, fica a comparação em 1080p High.

3DMark Time Spy

O benchmark Time Spy é um teste DirectX 12 que corre na resolução de 1440p. Foi concebido para utilizar e testar todas as vantagens desta API.

Está disponível numa versão ‘Free’, mas terá de pagar para mudar qualquer uma das definições, como a resolução. Por isso, usámos as definições base do programa, facilitando a comparação com os milhentos resultados por essa Internet fora.

Comparações

Overclock

Fiz todos os testes com a frequência de 4.0GHz, que me parece um excelente ponto.

Pois qualquer utilizador conseguirá obter esta velocidade sem muita dificuldade com um cooler ‘decente’. Além disso, também optei por não puxar muito devido à RAM que não era muito fã de processadores Ryzen.

Provavelmente, com mais algum tempo perdido poderia chegar aos 4.10 ou 4.15GHz! Que é preciso dizer, já é inegavelmente bastante além daquilo que o ‘boost’ consegue oferecer.

Conclusão

Mesmo sem memória RAM extremamente rápida… O Ryzen 5 2600 é mais rápido que o Ryzen 1600 e 1600X do ano passado em vários testes! Igualando ou ultrapassando o mais caro Intel Core i5-8600K em testes multi-thread.

A verdade é que em workloads os processadores Ryzen dão baile à Intel na mesma gama de preços. E em Gaming não ficam assim tão atrás quanto isso.

Em paralelo, é um processador desbloqueado para overclock! O que lhe irá oferecer mais 15-20% de performance sem gastar mais dinheiro. Isto numa plataforma que em si já é mais barata em relação à oferta da Intel.

Em suma, o Ryzen 5 2600 é um sucesso! Devido ao seu baixo preço e excelente performance multi-thread. Que consegue ultrapassar a fasquia impressionante que o agora ‘velhinho’ 1600 colocou há um ano atrás.

Portanto, se quiser apenas jogar, talvez deva escolher um processador Intel, mas se quiser um computador mais completo… Capaz de fazer tudo bem e rápido, o Ryzen 5 2600 é provavelmente a melhor escolha do mercado!

Se estiver interessado, pode comprar este excelente processador aqui.

Ao propósito deste tema, leia também:

  • Como montar um PC Gaming sem gastar muito dinheiro ? – Clique aqui.
  • Review – Gigabyte X470 Aorus Gaming 7 WiFi, a motherboard que vai querer ter! – Clique aqui.

AMD Ryzen 2600 Review

 

Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro computador aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Clique para comentar

Partilhe a sua opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Publicidade

Mobile

Hardware

Publicidade

Entretenimento

Jogos

Auto


Copyright © 2018 Leak.pt Todos os direitos reservados