(Quick-Review) Xiaomi Amazfit Bip U: Uma excelente atualização!

(Análise) Xiaomi Amazfit Bip U: Durante muitos anos, se por ventura quisesse um smartwatch ‘de entrada’, ou seja, barato, mas ainda assim capaz de oferecer uma excelente autonomia e um bom leque de funcionalidades, a resposta caia quase sempre na Mi Band… Ou então, no Amazfit Bip!

Afinal de contas, apesar do seu sucesso, a Mi Band 5 não é bem um smartwatch mas sim uma pulseira inteligente, por isso, muitos fãs do mundo dos wearables tem estado à espera de um sucessor como deve de ser ao famoso relógio Amazfit Bip.

Pois bem, abram alas ao Bip-U! Uma atualização muito interessante ao famoso gadget da Xiaomi.



(Quick-Review) Xiaomi Amazfit Bip U: Uma excelente atualização! (49€ com o cupão: BGABU64)

bip u

Portanto, muito resumidamente, a Amazfit Bip U é uma das apostas mais recentes para conquistar os reais fãs de uma autêntica ‘pechincha’. Ficando imediatamente abaixo dos Bip S e Bip S Lite em termos de preço… Mas impressionando forte e feio nas funcionalidades e até no aspeto.

Afinal de contas, temos aqui um relógio com mais de 60 modos de desporto e 9 dias de autonomia.

Mas vamos ao que interessa! O que mudou relativamente à restante gama da Xiaomi?

bip u

Muito resumidamente, o Amazfit Bip U é uma espécie de Xiaomi Mi Band 5 com um ecrã retangular, bem, mais ou menos, é que além da mudança no design, no Bip U também damos as boas vindas a um sensor SpO2, algo que a smartband não tem fora da China.

Em termos de ecrã, temos aqui um LCL TFT de 1.43” protegido por vidro Corning Gorilla Glass 3 2.5D, que entretanto se encontra dentro de uma corpo de plástico robusto.

Curiosamente, em termos de aspeto, é exatamente igual ao mais caro Amazfit Bip S, com um ecrã um pouco mais pequeno, mas mesmo assim, capaz de ocupar mais do corpo do aparelho propriamente dito. Além de tudo isto, a interface também foi renovada, ficando agora mais colorido, e por isso, mais interessante e jovial.

Funcionalidades

bip u

Como em qualquer aparelho Amazfit, o Bip U está restrito ao que a Xiaomi nos oferece. Ou seja, não temos suporte a aplicações de fora, e também não é capaz de fazer ou receber chamadas. Infelizmente, também não tem GPS integrado, irá ter de utilizar o chip do seu telemóvel para monitorização de treinos outdoor como corridas, caminhadas ou voltas de bicicleta.

Contudo, apesar do GPS ter ficado de fora, é inegável que o Bip U melhorou bastante na parte dos sensores, conseguindo agora monitorizar a pulsação, mas também a oxigenação de sangue e até o stress. Muito resumidamente, é um relógio que na nossa opinião está muito bem conseguido, e vai certamente chamar a atenção dos consumidores.

Nova app!

bip u

Pois bem, aqui não utilizamos a App Mi Fit ou Amazfit, mas sim a Zepp, que até aqui não conhecia, mas fiquei muito contente por instalá-la. Afinal, tenho aqui a possibilidade de sincronizar a grande maioria dos meus aparelhos Xiaomi! Onde até posso incluir a balança Mi Scale e a pulseira Mi Band. (A sua conta traz todos os seus dados para a App!)

Além disso, a interface da app também está muito bem conseguida, sendo superior às versões anteriores em quase tudo. Especialmente no campo da sincronização que agora raramente falha.

Conclusão

Em suma, é um relógio muito interessante para o preço, o que na verdade, é a história da vida da Xiaomi no mundo dos wearables. Dito isto, a menos de 50€, contar com um sensor SpO2 é inegavelmente muito porreiro para o mercado.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também

pub