Depois da Apple, chegou a hora do Android ficar mais privado

Ao que tudo indica, a Google está neste momento a considerar criar uma alternativa ao muito badalado “App Tracking Transparency” que a Apple tem andando a desenvolver para os seus aparelhos móveis.

Caso não saiba, a Apple anda a mexer-se muito bem no mundo da privacidade, pondo pressão em autênticas gigantes do mercado, como é o caso do Facebook. Aliás, podemos dizer que a mudança de políticas do WhatsApp, foi muito graças à pressão que a Apple tem imposto neste mercado, enquanto luta por novas normas para proteger a privacidade dos utilizadores. (Estamos neste momento numa guerra entre o Facebook e Apple! Que ainda ninguém sabe muito bem o que vai dar.)

Em suma, é uma medida “pro consumer”, que pelos vistos, está a conquistar a Google.



Depois da Apple, chegou a hora do Android ficar mais privado

privacidade

Portanto, a Google ainda não disse diretamente que está a trabalhar em algo similar. Contudo, num recente comunicado, um porta-voz da responsável pelo SO Android afirmou que: “A Google está sempre à procura de novas formas de trabalhar com os developers, de forma a aumentar a privacidade dos utilizadores, ao mesmo tempo que também possibilitamos um ecossistema suportado por anúncios nas apps.

Dito tudo isto, se por ventura não sabe o que é o “App Tracking Transparency” da Apple… Muito resumidamente, é um sistema que permite ao utilizador perceber o que cada app monitoriza no seu smartphone! Existindo ainda um ‘opt-in’, ou seja, cada utilizador pode escolher se quer ou não enviar a sua informação para os servidores de cada app.

Assim, se por ventura o utilizador negar a autorização, a app perde a capacidade de conseguir atingir o utilizador com anúncios focados nas suas preferências. O que claro está, irá baixar significativamente a eficácia dos anúncios, e por isso, as receitas de várias empresas.

Entretanto, a Apple tem todo o intuito de monitorizar o sistema, de forma a perceber se alguns developers estão a tentar fugir às novas normas. Quem for apanhado, é imediatamente banido da App Store.

Dito tudo isto, é provável que o sistema da Google não seja tão severo, visto que a própria gigante da pesquisa precisa deste tipo de informação como de pão para a boca. Afinal de contas, a grande maioria das receitas da Google vem de anúncios publicitários.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

AMD vai ter placas muito mais rápidas (mas mais caras) em 2022!

Esta não é a primeira vez que vemos alguns rumores a falar acerca da nova geração de placas gráficas AMD Radeon, mas uma coisa...

Microsoft Edge: não perca tempo e trate de atualizar já!

Se está a utilizar o Microsoft Edge então não perca mais tempo e trate de atualizar agora mesmo. Assim que o fizer vai passar...

YouTube para Android: nova versão deixa utilizadores a ferver!

A Google costuma acertar no que diz respeito a melhorias nas aplicações. No entanto, por vezes, no melhor pano cai a nódoa. É exatamente...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!