Quer esticar a bateria do seu telemóvel? Use o modo escuro!

O modo escuro é visualmente atrativo para muitas pessoas. No entanto, para além das caraterísticas estéticas também ajuda a prolongar a duração da bateria se o dispositivo tiver um ecrã OLED. A Google reiterou este ponto durante o Android Dev Summit e confirmou que o modo escuro coloca menos pressão sobre a bateria do que qualquer outra coisa, conforme assinala o site SlashGear.

Pixel vs iPhone: As diferenças no modo escuro

A apresentação de slides continha alguns aspetos do senso comum nos primeiros slides. Um brilho maior, resulta num consumo de energia superior. No entanto tudo melhorou nos slides seguintes. Estes compararam o consumo de energia do Google Pixel e do iPhone 7. Nas duas situações destaca-se o brilho máximo no modo normal e no modo noturno. Tenha em mente que o Pixel original possui um ecrã OLED, enquanto o iPhone 7 possui um ecrã LCD.

Os resultados entre os dois telemóveis eram comparáveis ​​no Modo Normal, embora os resultados mostrassem uma disparidade muito maior com o Modo Noturno. No Pixel o consumo de energia era de 92mA, enquanto o do iPhone 7 era de 230mA. Isto faz sentido, já que os ecrãs OLED apresentam pixeis individuais que quase nem funcionam nas áreas escuras do ecrã. Os painéis LCD, por comparação, têm todos os pixéis acesos, independentemente do que é mostrado no ecrã.

As diferenças entre o preto e o branco

Tudo ficou ainda mais interessante nos próximos gráficos. Aí foram reveladas grandes diferenças entre preto e branco, quando o ecrã estava no brilho máximo. Enquanto o branco consome o máximo de energia, o preto é usado em menor quantidade.

Por incrível que pareça, isto levou a Google a reconhecer que foi um tiro no pé ter utilizado o branco como cor primária do Material Design. Particularmente no novo Material Design, a Google removeu a maioria das cores das aplicações e escolheu o branco para fundos e interfaces.

A boa notícia é que a Google está bem ciente disso. Assim, colocou os modos escuros em aplicações como o YouTube, Mensagens, Google Notícias e Telefone. Podemos supor assim que o modo escuro vai acabar por chegar a mais aplicações Google, embora muitas pessoas queiram é aplicá-lo em todo o sistema operativo.

Neste caso em particular, alguns fabricantes do mundo Android estão à frente no que diz respeito ao suporte para o modo escuro. A Samsung anunciou que a sua nova interface terá suporte para o modo escuro em todo o sistema. Já o EMUI da Huawei já possui este modo em dispositivos como o Mate 20 Pro.