Inicio Especiais Quando é que a epidemia do COVID-19 (Coronavírus) irá desaparecer?

Quando é que a epidemia do COVID-19 (Coronavírus) irá desaparecer?

Quando é que a epidemia do COVID-19 (Coronavírus) irá desaparecer? – Todos nós estamos no mesmo barco, a viver algo que nunca tínhamos vivido, a lidar com uma epidemia Global assustadora, ao mesmo tempo que temos de lidar com a estupidez alheia de uma sociedade egoísta e sem noção.

Dito tudo isto, é muito provável que muitos de vocês já se tenham perguntado… Quando é que esta epidemia ira baixar de tom ou simplesmente desaparecer?



quando é que a epidemia

Pois bem, uma epidemia termina em uma de três maneiras:

1 – Todos os que podem ser infectados pela doença são mesmo infectados. (Ex: Peste Negra na Europa, Gripe Espanhola)

2 – Acções do governo para encontrar todos os doentes capazes de transmitir a doença, colocando-os em quarentena (forçada ou voluntária). (Ex: Wuhan com o Coronavírus, ou SARS em 2002)

3 – A transmissão da doença cai a pique em clima quente e ou seco, ou seja, no Verão (Ex: A gripe normal)

Dito tudo isto, ainda não fazemos ideia se o COVID-19 irá ou não perder algum do seu gás quando entrarmos na altura do tempo quente/seco

Assim, de momento, podemos dizer que a China está a ter algum sucesso no ponto número 2 acima referido, ao ter finalmente conseguido ganhar algum controlo da situação. Um exemplo que está agora a ser seguido por alguns países Europeus. (Apesar de provavelmente ser tarde de mais, visto que já temos um surto descontrolado em toda a Europa e Estados Unidos)

Assim, caso estas medidas não resultem no resto do mundo, o pior caso seria como na Gripe Espanhola, ou seja, o COVID-19 pode continuar a espalhar-se durante todo o ano, mostrando alguma resistência ao calor e tempo seco, dando apenas algumas tréguas no verão. Voltando em grande no fim do ano, e por fim chegando até 2021 até conseguir infectar toda a população mundial.

Felizmente, apesar deste não ser realmente o melhor cenário, para a maioria das pessoas que forem infectadas, estamos apenas a falar de uma gripe mais ou menos normal (20% dos infectados ficam em estados grave). Contudo, tem um nível de mortalidade bastante mais alto que a gripe a que já estamos habituados (2~3,4%).


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo. Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

(Última Hora) Sony cancelou lançamento da PS5 em alguns mercados!

(Em atualização) - Novas informações apontam para que a Sony tenha decidido cancelar o lançamento da sua consola de nova geração em alguns mercados!...

Movimento #Blacklivesmatter? Até a PlayStation aderiu!

O movimento #Blacklivesmatter foi certamente um dos temas mais falados e marcantes de 2020. Talvez apenas superado pela pandemia de COVID-19 que ainda se...

Gosta de jogos de terror? É que Warzone vai receber o temível Saw!

Se por acaso joga Call Of Duty Warzone ou até mesmo Modern Warfare. Certamente já deverá estar acostumado aos inúmeros eventos lançados pela equipa...

Já joga FIFA 21? Estes são os jogadores mais rápidos do jogo!

Para montar uma boa equipa no FIFA, não é preciso muito. Afinal de contas, basta apenas um bom ponta de lança, defesas competentes e...

Durante o confinamento 43% das reviews na Amazon eram falsas!

Na altura do confinamento provocado pela pandemia de coronavírus, muitas empresas lutaram pela sua sobrevivência. Lutaram e continuam a lutar. É que houve muitos...