Qualcomm Snapdragon 875 tem uma grande novidade!

A rede social chinesa Weibo teve direito a um novo leak de um utilizador conhecido como Digital Chat Station de quem já falámos várias vezes na Leak. Desta vez, o alvo foi o chipset Qualcomm Snapdragon 875 e os smartphones para jogos que o vão utilizar. Esta informação terá sem dúvida alguma veracidade. É que este leakster conhece muito bem todas as novidades tecnológicas e até já tinha revelado muito antes do lançamento quais as câmaras que estariam integradas no Mi 10 e Mi 10 Pro.

Qualcomm Snapdragon 875 tem uma grande novidade!

Qualcomm Snapdragon 875

De acordo com as novas informações, uma das principais características do Snapdragon 875 será o suporte para o carregamento ultra-rápido com uma capacidade de cerca de 100 watts. Neste momento, três em cada quatro fabricantes de smartphones para jogos na China estão a testar e a tentar empurrar as tecnologias de carregamento com uma potência de 100 watts. Portanto, os smartphones para jogos lançados em 2021 vão usar baterias de alta capacidade e tecnologias de carregamento poderosas.

A fonte não divulgou os nomes das marcas. Mas assumimos que incluem fabricantes que normalmente utilizam as apostas da Qualcomm Falo da Xiaomi, Vivo e Oppo. Entretanto há mais uma informação a ter em conta. É que os modelos que vão chegar com o Snapdragon 875 serão consideravelmente mais caros. Assim os smartphones para jogos a apostar no novo chipset devem chegar mais tarde.

O COVID-19 não afetou a cronologia de lançamento e tudo parece estar a correr conforme planeado. Dito isto, a Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC) começou a produzir oficialmente o Snapdragon 875. Baseia-se no processo de 5nm e também inclui o modem Snapdragon X60 5G.

Comparativamente ao mês passado, a capacidade de produção dos chips de 5 nm na fábrica Nanke 18 aumentou em 10%, para quase 60000 unidades num mês. Algumas estimativas indicam que os chipset Snapdragon 875 podem ser entregues à Qualcomm em meados de setembro. No entanto, resta saber quando é que esta empresa os vai começar a disponibilizar aos  fabricantes de smartphones.

Entretanto, a TSMC já havia iniciado a produção em massa do chipset Apple A14, que também é baseado no processo de 5 nm. A gigante da maçã vai usar este novo chipset para alimentar a próxima gama iPhone 12, que também disponibiliza suporte para 5G.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário