Problemas visuais

O Google está a adicionar algumas melhorias à orientação por voz no Google Maps, voltada especificamente para pessoas que têm problemas visuais. Dito isto, uma nova funcionalidade que permite às pessoas receberem orientações por voz mais detalhadas vai estar disponível no Google Maps a partir de hoje.

Problemas visuais? Google Maps tem uma grande novidade!

A empresa de Mountain View também anunciou que novos tipos de anúncios verbais para passeios a pé também vão chegar ao Google Maps. Como referi, estas funcionalidades foram criados especificamente para pessoas com problemas visuais, e não foram adaptados a partir das características já disponíveis.

Problemas visuais

No entanto e apesar desta funcionalidade ser ideal para quem tem problemas de visão, também pode ser muito útil para quem deseja uma experiência mais livre do smartphone quando fizer a próxima viagem a pé. A orientação por voz detalhada funciona exatamente como as indicações que estão presentes em algumas faixas pedonais.

Este sistema de navegação vai estar disponível para o Android e iOS e em diversos idiomas. Ainda assim, para já, apenas está disponível em Inglês e Japonês.

Depois de atualizar a sua aplicação Google Maps, pode ativar a funcionalidade no menu Configurações. Basta selecionar Navegação e encontrará a opção para ativar “Orientação por voz detalhada” na parte inferior da lista.

Entretanto o Maps não foi a única app a receber novidades relacionadas com pessoas que têm problemas visuais. O Chrome também teve direito a novidades. Na prática ajuda as pessoas a navegarem mais facilmente na Internet com uma pequena ajuda do machine learning.

Google Chrome Dark Mode

Existem milhões de imagens não identificadas na Internet…

Quando nos depararmos com uma dessas imagens, os leitores de ecrã especialmente criados para pessoas com problemas de visão descrevem-nas como “imagem”, “gráfico sem legenda” ou indicam o nome do ficheiro original que normalmente é uma sequência de números ou letras.

Para dar uma resposta a isto, a Google está a utilizar a mesma tecnologia no Google Lens e no Google Fotos para fornecer um contexto de imagem mais preciso para quem necessita. A tecnologia de aprendizagem de máquina tentará reconhecer a imagem sem legenda e fornecer uma descrição melhor.

Por exemplo, se um utilizador encontrar uma imagem não identificada de um gato, a ferramenta poderá dizer “parece ser um gato deitado no sofá”. O “parece ser” informa o utilizador que a nova funcionalidade de acessibilidade do Chrome está a fazer o melhor para fornecer um contexto visual.

Esta novidade também pode ler o texto nas imagens. Depois de processar algo como um recibo ou gráfico, a ferramenta pode dizer “parece dizer” e depois ler o conteúdo.

Acompanhe ao minuto as últimas noticias de tecnologia. Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.