(Primeiras Impressões) Samsung Galaxy Watch 4: BRUTAL!

(Primeiras Impressões) Samsung Galaxy Watch 4: Pessoalmente, sempre gostei muito dos relógios da Samsung, visto que são produtos capazes de conciliar uma excelente filosofia de design com hardware de qualidade.

No entanto, no campo do software, nunca fiquei muito convencido com a experiência que o Tizen OS e o One UI ofereciam. Sempre preferi a experiência que o Wear OS da Google oferecia, especialmente no campo das notificações, que apresentavam toda a informação imediatamente no ecrã, sem grandes ‘mariquices‘.

Pois bem, é aqui que temos de entrar no tema, visto que o Galaxy Watch 4 é um smartwatch interessante, porque apesar de não ser uma grande atualização ao nível do hardware, com a aposta no Wear OS, temos aqui um upgrade no software que o irá deixar com um sorriso no rosto.

Pelo menos, na minha experiência de utilização que já vai em 3 dias, estou a adorar a nova aposta da Samsung, chegando até ao ponto de dizer, que este relógio, é muito provavelmente o melhor aparelho que pode meter no pulso, caso o seu smartphone seja Android.

(Primeiras Impressões) Samsung Galaxy Watch 4: BRUTAL!

Portanto, em termos de design, estamos a falar de um relógio redondo, que é obviamente o sucessor ao Galaxy Watch Active 2. É em tudo muito parecido, à exceção da curvatura no ecrã (1.4”), visto que agora é tudo plano. Ainda assim, continuamos a contar com uma margem rotativa touch, bem como um ‘pacote’ que é leve e super confortável no dia-a-dia.

Bem, na verdade, até em termos de funcionalidades a coisa continua muito parecida. O que realmente mudou foi a experiência de utilização. Que mudou para muito melhor.

Por isso, vamos falar do que interessa… O software!

A gama de smartwatches Galaxy Watch 4 conta agora com o Sistema Operativo Google Wear OS, feito em parceria com a Samsung. O que significa isto? De forma muito resumida, temos uma união das vantagens do Tizen OS com as vantagens do Wear OS.

Ou seja, o UI muito ‘clean’ do One UI, com todas as funcionalidades e suporte de software que o Wear OS traz para cima da mesa.

Na minha opinião, temos aqui o produto que mais se aproxima da experiência que a Apple é capaz de oferecer com o seu Apple Watch. (Aquele que é para muitos o melhor smartwatch do mercado). Afinal, é tudo muito fácil de fazer, as notificações são simples, com efeitos bonitos, mas não demasiado chato, e claro, é tudo muito rápido, como se o smartwatch nem tivesse de suar para fazer o que quer que seja. Infelizmente, a autonomia da bateria continua a ser um bocado ‘meh’, aguentando cerca de 1~2 dias.

Mas verdade seja dita, o que estou a sentir com a utilização deste relógio, é exatamente o que os fãs do mundo Android andam a pedir há vários anos! Um aparelho bonito, rápido, e que não complique o que deveria ser fácil. Eu não me importo de carregar o relógio todos os dias, se quando realmente interessa, tenho um aparelho capaz de responder às minhas exigências.

Conclusão das primeiras impressões

Acredito que a Samsung fez uma excelente aposta nesta gama de relógios, ao abandonar o seu próprio software para se unir com a Google.

Para ter noção da minha opinião atual, a minha vontade é dizer à Samsung (que apenas empresta os produtos para review), que fui assaltado e levaram o relógio. Para claro, não ter de o devolver. É mesmo assim tão bom.

Vou continuar o teste, e daqui a algum tempo, avanço com a review detalhada do Galaxy Watch 4.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Gboard: já pode personalizar como nunca o teclado da Google!

Não há dúvidas de que o teclado da Google, o Gboard é um dos melhores e mais utilizados. Funciona bem e disponibiliza diversas funcionalidades....

Ataques informáticos dão 35 anos de prisão a homem de 32 anos!

Muitas pessoas acham que estão a salvo por fazerem atividades ilícitas atrás de um computador. No entanto isto não podia estar mais longe da...

Não jogue estes jogos! São considerados os mais tóxicos!

Se por acaso costuma jogar diariamente os mais diversos vídeo jogos então certamente deverá saber que existem uns com comunidades mais tóxicas do que...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!