Polegar salva o oxigénio da Estação Espacial Internacional

A organização espacial russa Roscosmos e a Agência Espacial Europeia deram a notícia de que a Estação Espacial Internacional começou a perder oxigénio devido a uma fuga. Isto foi sem dúvida um grande problema para os astronautas que estavam a montar um novo laboratório de ciências quando os alarmes da estação começaram a tocar. Nesse momento, eles tiveram de procurar rapidamente a fuga e repará-la.

O problema foi causado por um pequeno meteorito que atingiu a estação espacial e criou um pequeno buraco num dos módulos. O que fazemos quanto temos um barco de borracha e fica com um pequeno buraco em alto-mar? Usamos o dedo é claro.

Como o jornal Telegraph relata, nas comunicações entre a NASA e a Estação Espacial Internacional percebeu-se um dos astronautas foi forçado a tapar o pequeno buraco com o polegar enquanto o resto da tripulação preparava uma correção mais permanente.

“Nesse exato momento, Alex colocou o dedo no buraco”. Depois o buraco foi reparado por fita adesiva.

Como se pode ver pela imagem partilhada por um ex-residente da Estação Espacial, Chris Hadfield, o buraco não parece particularmente perigoso. No entanto, como o interior da estação espacial está pressurizado e preenchido por uma mistura de ar e oxigénio para permitir que a tripulação respire sem problemas, qualquer violação desta vedação hermética deve ser resolvida em pouco tempo.

Felizmente, pouco ar foi lançado para o espaço e a estação espacial ainda tem “semanas” de ar nas suas reservas, de acordo com um comunicado da Agência Espacial Europeia.

Viver a bordo desta Estação Espacial acarreta estes tipos de riscos. Os cientistas sabem que há muitos detritos minúsculos indetectáveis ​​que podem causar problemas às naves espaciais que operam na órbita da Terra. No entanto, não há muito que se possa fazer para além de se corrigir os problemas se e quando surgirem.

No entanto não julgem que os detritos são apenas materiais naturais como a pequena rocha que fez este buraco. O lixo espacial artificial é um problema real na órbita da Terra, e os astronautas da Estação Espacial Internacional até instalaram um sensor de detritos no ano passado para detetarem o lixo humano que colide várias vezes com a estação.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também