Poco F2 Pro: novo caso de sucesso ou um grande flop?

Ainda me lembro quando foi lançado o Pocophone F1, ou se preferirem, o Poco F1. Não é daqueles equipamentos que nós procuramos pela beleza. De facto, parece que estávamos perante um gama média dos tempos iniciais da Xiaomi. No entanto, gerou muito buzz devido ao coração. É que no interior de uma manta de retalhos, estava um interior topo-de-gama. Foi uma experiência interessante e que sobretudo correu bem. Agora parece que temos um novo dispositivo a caminho e ainda por cima com a designação Pro. Mas estará o Poco F2 Pro à altura das expectativas?

Poco F2 Pro: novo caso de sucesso ou um grande flop?

Vamos começar para olhar para o que este dispositivo pode trazer. Há uns dias um smartphone chamado Poco F2 Pro apareceu na página de suporte oficial do Google Play. Mais do que isso, apareceu juntamente com a designação K30 Pro. Ou seja, conseguimos ficar a saber logo as eventuais características deste dispositivo e de certo modo também o preço.

Poco F2 Pro:

Vamos começar então pelas características técnicas, considerando que o Poco F2 Pro é de facto um Redmi K30 Pro.

Assim o Poco F2 Pro vai chegar com uma verdadeira experiência de ecrã total de 6,67 polegadas. Temos ainda uma resolução de 1080p e uma proporção de 92,7%. Destaca-se ainda o sensor de impressões digitais integrado no ecrã.

Já o ecrã terá bastante qualidade. É um OLED com assinatura da Samsung que num pico de brilho pode atingir os 1200 nits.

Poco F2 Pro:

No painel não vão existir furos nem monocelhas. Tudo porque este dispositivo conta com uma câmara pop-up. Uma abordagem que pessoalmente acho muito interessante.

Ao contrário de muitos equipamentos que estão a ser lançados agora, este ainda não vai apostar numa taxa de atualização de 90Hz.

No caso do chipset teremos a integração de um processador Qualcomm Snapdragon 865 e um modem Snapdragon X55. Ele suporta redes 5G de modo duplo NSA / SA. Em termos de bandas de frequência 5G, o K30 Pro suporta várias bandas de frequência de n1, n3, n41, n78 e n79.

Poco F2 Pro:

Entretanto, estará também presente a tecnologia de memória LPDDR5 de nova geração que possui uma largura de banda máxima de transmissão de 44 GB/s. No caso do armazenamento teremos o suporte para o protocolo UFS 3.1 que permite ler e escrever até velocidades de 777 MB/s.

Ao nível das câmaras este equipamento deverá apostar num sensor IMX686 de 64 megapixéis da Sony.

Terá também outra câmara ultra-angular de 13 megapixéis e uma telefoto de 5. Destaca-se ainda um sensor de profundidade de dois megapixéis. Já a Zoom Edition terá uma câmara telefoto de 8 megapixéis e vai suportar zoom óptico de 3x e zoom digital de até 30x. O sensor principal e telefoto têm estabilização ótica de imagem.

Destaca-se ainda a bateria com capacidade de 4700mAh e os 33 watts de carregamento rápido com fio. Este dispositivo pode ser totalmente carregado em 63 minutos.

Ao nível de preços considerando que lá fora o Redmi K30 Pro pode ser adquirido por cerca de 530 Euros não é de estranhar que seja lançado em Portugal com um custo à volta dos 600 e poucos Euros.

Considerando este preço não sei realmente se o Poco F2 será um caso de sucesso, pelo menos como foi a primeira versão. É que a Poco ficou na cabeça da maioria das pessoas como a marca que disponibilizava topos-de-gama (mesmo que fosse apenas por dentro) ao preço dos gama média. Um preço de 600 Euros já não tem nada de preço de gama média. Claro que o processador é de última geração e não da anterior. Ainda assim, prevejo que os argumentos não vão chegar para desviar os utilizadores das marcas mais conhecidas. Ou seja, desta vez, a jogada não terá sido tão boa.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também