Oops!? Os AMD Ryzen 5000 (Zen 3) têm algumas vulnerabilidades

Como deve saber, nos últimos anos, a Intel teve de lidar com vários tipos de vulnerabilidades. Que claro está, no fim do dia, acabaram por afetar a performance de várias gamas de processadores da gigante dos microprocessadores.

Curiosamente, foi algo que afetou mais a Intel que a AMD! Visto que a gigante azul anda a aproveitar a sua arquitetura desde quase 2015. Isto enquanto a sua rival optou por tecnologias completamente novas, especialmente quando lançou a arquitetura Zen 1 em 2017.

No entanto, parece que a mais recente arquitetura Zen 3 é afetada por uma vulnerabilidade muito similar à Spectre.



Oops!? Os AMD Ryzen 5000 (Zen 3) têm algumas vulnerabilidades

Ryzen 5000 vulnerabilidades

Portanto, a AMD confirmou que existe uma otimização dentro da arquitetura Zen 3, que pode ser alvo de ataques muito similares aos que a Intel teve de lidar há alguns meses atrás. No entanto, apesar de ser possível desativar a otimização.. A AMD não acredita que isto faça sentido, porque envolve uma perda de performance significativa.

Além disso, existem outras maneiras de dar a volta à situação, que já estão implementadas na arquitetura há algumas gerações de produtos.

Muito resumidamente, o problema está no PSF, uma otimização de hardware desenhada para melhorar a performance da execução de código. (Ao prever dependências.) Ou seja, é um pouco como a predição de ramos que afetou os processadores Intel no passado. Em que o processador basicamente ‘adivinha’ o que irá acontecer no futuro. Isto de forma a ser mais rápido na execução de código.

Dito tudo isto, apesar das gamas Ryzen 5000 e Epyc 7003 serem alvo deste problema, e mesmo depois de a AMD afirmar que as consequências são muito similares à primeira vulnerabilidade Spectre… A fabricante acredita que o isolamento dos espaços de endereçamento é suficiente para evitar problemas de maior.

Em suma, o risco de segurança existe mas é “baixo”. Por isso, a AMD recomenda que todos os utilizadores deixem o PSF ligado.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Leia também