Inicio Especiais O Google Chrome está prestes a ficar ainda mais rápido no telemóvel

O Google Chrome está prestes a ficar ainda mais rápido no telemóvel

O Google Chrome é todos os dias ‘gozado’ na Internet por ser um autêntico buraco negro de memória RAM… Ainda assim, um novo modelo de cache, de páginas anteriormente visitadas, poderá fazer com que tudo isto valha a pena.

Uma nova cache para o Google Chrome, irá diminuir o tempo de ‘loading’ de todas as páginas em cerca de 19%

Em suma, a equipa responsável pelo Google Chrome, está neste momento a trabalhar numa cache pensada para diminuir drasticamente o tempo de loading de páginas previamente visitadas.

A ideia é preservar o JavaScript e o DOM em memória, melhorando assim a experiência de utilização.

O Google Chrome está

Afinal de contas, no desktop, quase 10% de todas as páginas visitadas, são feitas através de comandos ‘forward’ e ‘back’, ou seja, aquelas velhinhas setas que temos no canto superior esquerdo do Chrome. (A maioria dos utilizadores já usa gestos ou atalhos para fazer estes comandos)

Curiosamente, no ‘mobile’ esta estatística sobe para os 19%! Portanto, se a Google conseguir realmente criar esta nova cache, a navegação vai ser ainda mais responsiva e fluida no futuro.

No entanto, nem tudo são rosas neste mar que é a navegação web…

Existem grandes dificuldades a ter em conta, afinal, o que se faz com os scripts maliciosos? Também são guardados em memórias? Ou os scripts que utilizam demasiados recursos no sistema?

Deixar que um script continue a correr em segundo plano, é um grande problema de segurança… Mas fazer ‘reload’, irá derrotar completamente o novo sistema! A ideia passa por criar um sistema de congelamento, que ainda se encontra em desenvolvimento.

Uma nova cache, poderá trazer mais autonomia para os aparelhos mobile!

Contudo, irá também ‘comer’ mais memória RAM… Será que a Samsung já sabia disto quando lançou o Galaxy S10+ de 12GB?

O Google Chrome está

Afinal, o Chrome já é tão criticado pelo seu consumo de memória, armazenar páginas web em cache não me parece que vá ajudar a situação.

A ‘bfcache’ do Google Chrome já se encontra em desenvolvimento avançado, mas apenas deverá chegar a versões estáveis do browser em 2020.


O que pensa sobre isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo! Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Quer receber notificações gratuitas no seu smartphone ou computador sempre que lançamos um novo artigo? Clique aqui.

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Leia também

Estes são requisitos para o armazenamento externo da Xbox Series X!

Como deve saber, as consolas de nova geração vão finalmente apostar no armazenamento ultra-rápido SSD! Ao fim ao cabo, tanto a Sony como a...

Huawei já está a preparar o EMUI 11 baseado no Android 11

A Huawei, neste momento, está a testar a conhecida interface EMUI 11 baseada no Android 10. No entanto, em breve, vai disponibilizar uma versão...

Os novos AMD Ryzen 9 5900X e 5950X já foram ao Geekbench 5

Parece que a AMD já enviou umas quantas amostras dos seus novos Ryzen 5000 aos reviewers, afinal de contas, o que não tem faltado...

Os troféus da PlayStation 5 vão oferecer recompensas digitais!

Como deve saber, a Sony decidiu reformular o sistema de troféus nas plataformas PlayStation no início do mês. No entanto, tudo indica que as...

A Sony apostou forte e feio no ‘cooling’ da PlayStation 5

A Sony decidiu (finalmente) mostrar o interior da sua consola de nova geração há alguns dias atrás, o que claro está, revelou muitos dos...