NVMe 2.0: Até os discos rígidos vão ter um boost de performance!

O standard que rege a especificação do NVMe está prestes a receber uma atualização, que vai elevar a versão para o número 2.0. Claro que não vai trazer qualquer boost de performance para as drives já no mercado, mas vai seguramente ‘matar’ o SATA, e claro, melhorar a performance de toda a gama de drives num futuro muito próximo.

NVMe 2.0: Até os discos rígidos vão ter um boost de performance!

SSD vs HDD

Portanto, parece que a nova revisão ao standard NVMe vai mesmo (finalmente!) matar o SATA, depois de quase duas décadas no mercado. Afinal, a versão 2.0 do non-volatile memory express (NVMe) traz novas funcionalidades, maior performance, e claro, maior estabilidade/segurança. Mas mais importante que tudo isto, também vai começar a trazer suporte aos velhinhos discos rígidos (HDD).

Ainda bem! É que a interface SATA III, normalmente utilizada por todos os discos rígidos, e SSDs de 2.5”, já começa a mostrar a sua idade. Para ter noção, o standard SATA foi atualizado em 2008, levando a velocidade máxima de transferência para os 600 MB/s. Entretanto, através do NVMe, já é possível chegar a velocidades teóricas de 8GB/s, graças à especificação da interface PCIe.

Até agora, as limitações do SATA III não causaram problemas, mas as coisas estão a mudar!

Muito resumidamente, os HDDs atuais ainda estão limitados pela velocidade da atuação da leitura/escrita, devido ao facto dos componentes mecânicos terem de se movimentar para encontrar os setores necessários para a ação que o utilizador pretende fazer.

Por isso mesmo, ainda estão longe de chegarem ao limite de velocidade máximo do standard (600MB/s). No entanto, com novas tecnologias a chegar ao mercado, como algumas novidades que já podemos encontrar nas drives Mach.2, e como o mercado empresarial continua a precisar de apostar em HDDs, devido à grande diferença na capacidade de armazenamento/custo entre esta tecnologia mais antiga, e os novos SSDs… É necessário fazer algumas mudanças.

Além de tudo isto, também vamos ter várias melhorias no mundo dos SSDs, com maior controlo na escrita e leitura dos dados, o que por sua vez irá oferecer mais durabilidade e velocidade a longo prazo.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

 

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Nem os fãs de terror estão a aguentar este filme na Netflix!

A Netflix tem neste momento um monte de séries e filmes realmente brutais. Sendo que para dizer a verdade, os utilizadores estão realmente a...

NVIDIA decidiu aproveitar chips com defeito!

Nos últimos tempos, temos visto uma grande aposta no lançamento de placas RTX 3060 por parte da NVIDIA. Uma placa gráfica muito interessante, capaz...

Processador ‘limitado’? Sim! Mas o iPad mini 6 impressiona!

Muito provavelmente devido à crise de produção atual, a Apple foi obrigada a utilizar diferentes versões do SoC A15 Bionic, nas suas diferentes gamas...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!