NVIDIA culpa RTX 2080 e RTX 2070 pelos resultados aquém do esperado

NVIDIA RTX

NVIDIA culpa RTX 2080 e RTX 2070 pelos resultados aquém do esperado – Como já noticiámos há alguns dias, a NVIDIA apresentou o seu relatório de contas para o quarto trimestre do ano fiscal, conseguindo 2.21 mil milhões de dólares.

No entanto, ao mesmo tempo, a empresa apresentou os resultados do departamento Gaming, que viu uma queda de 45% em relação ao ano passado… Portanto, é fácil chegar à conclusão, de que as vendas das placas gráficas GeForce estão em sofrimento.

NVIDIA caiu 45% nas vendas de placas gráficas Gaming (GeForce), e as grandes culpadas são a RTX 2070 e RTX 2080

Nos detalhes revelados pela NVIDIA, ficámos a saber que o departamento focado no Gaming, fez cerca de 954 milhões de dólares, isto em comparação com os 1764 milhões de dólares no trimestre anterior.

Em suma, uma queda de 46% em relação ao trimestre anterior, e uma queda de 45% ano-após-ano.

RTX 2080 e RTX 2070

Quanto a isto, Jensen Huang (CEO) disse que:

“2018 foi um ano recorde, mas tivemos um fim desapontante. Neste trimestre, estamos a planear deixar os problemas de stock para trás, para voltarmos ao nosso caminho.

Como pioneiros na computação acelerada, a nosso posição é única e forte. As oportunidades existem nos gráficos, na computação, IA e máquinas autónomas. Estamos super entusiasmados com todas estas oportunidades.”

É fácil chegar à conclusão, que o ‘crash’ do mercado de mining, foi um rude golpe para a NVIDIA…

Afinal, as GeForce RTX 20, foram adiadas sucessivamente, devido ao grande excesso de inventário existente, de placas gráficas ‘Pascal’. Que por sua vez, foram uma consequência do aumento de produção brutal, para tentar dar resposta à procura Gaming + Mining.

Aliás, ainda hoje, em Fevereiro de 2019, a NVIDIA ainda está a tentar ‘despachar’ várias placas GTX 1060 no mercado, muitas ao desbarato. Para posteriormente, avançar para as RTX 2060 e nova GTX 1660 Ti.

Claro que existem outros factores para esta descida, como o preço e desapontante performance do Ray Tracing

RTX 2080 e RTX 2070

Primeiramente, temos de olhar para o preço das GeForce RTX 20… São as mais caras de sempre no segmento! Além disso, o aumento de performance, foi também o mais baixo de sempre.

Basta olhar para a geração ‘Pascal’, em que tanto a GTX 1070 e GTX 1080, eram um tremendo salto qualitativo, em relação à anterior geração GTX 900.

Já para não falar da GTX 1080 Ti, que é sem dúvida uma das placas gráficas mais icónicas de sempre, ao oferecer uma performance fora de série, pelo preço de ~700€.

Aqui, estamos perante uma situação completamente diferente… A sucessora da GTX 1080 é mais cara que a GTX 1080 Ti, oferecendo exatamente a mesma performance da antiga topo de gama. Similarmente, temos a RTX 2070, que também é mais cara que a GTX 1080, mas oferece uma performance apenas um pouco superior. O mesmo se repete com a RTX 2060.

RTX 2080 e RTX 2070

Claro que a GeForce RTX 2080 Ti é a rainha de performance. Tal e qual como qualquer placa gráfica topo de gama NVIDIA… Mas custa quase o dobro da ‘velhinha’ GTX 1080 Ti, e para ser sincero, não oferece muito mais performance.

Curiosamente, a NVIDIA afirma que uma das razões para as vendas mais baixas, é o facto de ter lançado primeiro as placas gráficas topo de gama… O que é só parvo!

Afinal, na geração anterior, a NVIDIA fez exatamente a mesma coisa! Ao lançar a GTX 1080 e GTX 1070 com algumas semanas de diferença. E antes disso, a GTX 980 e GTX 970, também foram lançadas bem perto uma da outra, e antes da gama média.

Aliás, a própria NVIDIA já teve de vir a público, explicar o porquê das funcionalidades estarem a falhar! Com a promessa de que as coisas vão melhorar ao longo do tempo.


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Acha que a NVIDIA irá conseguir recuperar? Ou será uma oportunidade de ouro para a AMD voltar a competir neste mercado?