Novo update transforma o Pocophone F1 numa máquina de jogos

O Pocophone F1 é sem dúvida um dos topos de gama mais baratos do mercado. Tem um chipset Snapdragon 845 muito rápido e pelo menos 6 GB de RAM, sendo por isso um equipamento muito rápido. Se com estas caraterísticas já era capaz de correr todos os jogos de uma forma muito rápida, agora ficou ainda melhor. É que a nova atualização que chegou a este smartphone vem com uma grande novidade chamada Game Turbo. Olhando para esta novidade vale realmente a pena utilizar a versão beta.

Pocophone F1: o Game Turbo faz maravilhas pelos jogos e é uma espécie de GPU Turbo da Huawei

Semelhante ao GPU Turbo da Huawei, o Game Turbo aloca recursos de CPU e GPU para melhorar o desempenho dos jogos no smartphone. Entretanto, o Game Turbo também disponibiliza vários atalhos se deslizar o dedo partir da extremidade superior do ecrã.

Um grupo de atalhos que dão muito jeito

Nos atalhos, tem a possibilidade de limpar a memória RAM, tirar uma captura de ecrã, gravar o que está no visor, ativar ou desativar o Wi-Fi, alternar entre os cartões SIM e abrir aplicações em modo de janela flutuante. Já que falamos neste modo saiba que as aplicações compatíveis com ele são o Facebook e o WhatsApp.

O Game Turbo também oferece mais largura de banda para jogos em primeiro plano.

Para além disso, permite atender chamadas sem usar as mãos. Para além disso restringe botões e gestos em ecrã total. Também pode desativar todas as notificações, exceto as chamadas recebidas e impedir a alternância de rede.

Se não quer esperar mais e está ansioso por deitar as mãos ao Game Turbo, então pode descarregar já a MIUI 10 Global Beta ROM versão 9.3.21 para o Pocophone F1. O download está disponível aqui.

É sem dúvida uma boa notícia para que tem o Pocophone F1. Qualque dúvida, utilizem a caixa de comentários.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário