(Nova geração de consolas) – Afinal… O que são os TeraFlops?

Se por acaso tem estado atento às especificações técnicas das novas consolas, sabe que a palavra de ordem são os TFLOPs! Especialmente depois da Microsoft e Sony terem revelado o potencial de computação das suas consolas, com a Xbox Series X a ficar por cima com 12 TFLOPs, contra os 10 TFLOPs da rival PS5.

Dito tudo isto, dizer que uma consola tem mais 2 TFLOPs que a outra é muito giro, mas na realidade… Significa o quê?



(Nova geração de consolas) – Afinal… O que são os TeraFlops?

PS5, Xbox

TeraFlop é inegavelmente a palavra da moda desde que a Microsoft e Sony começaram a levantar o véu acerca das especificações técnicas das suas novas consolas. O que claro está, tem servido como arma de arremesso nas tradicionais guerras de fanboys.

Mas será que faz sentido andar a falar de TFLOPs nesta altura do campeonato? Ao fim ao cabo, esta capacidade de computação é apenas uma variável numa longa equação. Mas vamos por partes.

O que é afinal um TeraFlop?

Muito resumidamente, um TeraFlop é uma unidade de medida de performance computacional que significa “Triliões de Operações de Pontos Flutuantes por Segundo” (Trillion Floating-point Operations per Second). Ou seja, ao contrário dos GigaHertz (GHz) que servem para referir a frequências de funcionamento de um CPU, o TFLOP é uma medida direta da performance de um aparelho computacional.

Assim, dizer que uma placa gráfica consegue chegar aos 6 TFLOPs, significa que a placa consegue processar 6 triliões de pontos flutuantes por segundo (em média).

Qual é o impacto dos TeraFlops nos jogos?

Como dissemos em cima, a Xbox Series X é capaz de chegar aos 12 TFLOPs, o dobro da atual Xbox One X, com a Microsoft a afirmar que a nova consola é um verdadeiro salto geracional tanto na performance gráfica como na velocidade de processamento de informação. O que é verdade até certo ponto, mas não é a totalidade da equação, basta olhar para aquilo que a Sony está a fazer com o seu novo SSD, e largura de banda da sua memória GDDR6.

Contudo, é inegável que a performance da placa gráfica é obviamente muito importante (mais importante que o SSD), e neste campo a Microsoft tem a vantagem.

Então… Mais TFLOPS significa aparelhos mais rápidos e gráficos mais avançados?

Sim! Mas também não… Basta olhar para o mercado de placas gráficas para descobrir vários modelos com mais TFLOPs. Mas que na verdade ficam atrás de outros modelos teoricamente mais fracos. Ou seja, tudo depende de tudo o resto, como a velocidade da memória, arquitetura e sua capacidades, etc…

Por isso sim, normalmente mais TFLOPs = mais Performance. Mas como já disse várias vezes neste artigo, os TFLOPs são apenas parte de uma equação gigantesca.


Afinal… O que são os TeraFlops? – Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário