Galaxy Note 20 Ultra: finalmente a renderização que faltava!

A Samsung vai ter uma mão cheia de apresentações no próximo dia 5 de Agosto e de facto já vimos muitas coisas acerca dos novos equipamentos. No entanto, o que faltava era uma renderização do Note 20 Ultra que revelasse realmente tudo. Ora isso acabou de acontecer e revela um equipamento verdadeiramente interessante. Assim, o conhecido leakster Evan Blass (@evleaks) publicou uma nítida renderização a 360º do Galaxy Note 20 Ultra na cor “Mystic Bronze”. Ele possui o ecrã que a Samsung apelida de Infinity-O.

Galaxy Note 20 Ultra: finalmente a renderização que faltava!

A moldura é mais pequena comparativamente ao Note 10. Entretanto o ecrã também é mais alto. Já a parte frontal e traseira curvam-se subtilmente para os lados e contribuem para uma boa ergonomia. No lado direito temos o botão de ligar e desligar e também os de volume. Já o botão Bixby está ausente do lado esquerdo. Na parte traseira está um módulo retangular que acomoda vários sensores.

Neste módulo estão três sensores principais. Temos também um flash LED e o que parece ser algo relacionado com a focagem, logo abaixo.

Note 20 Ultra renderização

Embora as renderizações revelem quase tudo, não mostram a parte superior e inferior do dispositivo.

O novo Galaxy Note 20 Ultra será um equipamento muito poderoso ao nível da fotografia. Exemplo disso é que temos uma câmara periscópica na parte traseira. É verdade que não vai disponibilizar o space zoom de 100x. No entanto, vai chegar às 50x. Isto até tem uma razão de ser. É que o Zoom de 100x não reuniu assim tantos fãs. Como tal, a Samsung jogou pelo seguro.

Entretanto fomos sabendo mais algumas coisas acerca da gama Note. Por exemplo, o Galaxy Note 20+ acerca dos quais haviam rumores, parece que não será realidade. Assim, teremos apenas a versão standard e a ultra.

A gigante coreana também vai anunciar o Galaxy Z Fold 2 e o Galaxy Z Flip 5G. O mesmo deverá acontecer com os tablets Galaxy Tab S7 e o Galaxy Watch 3.

Note 20 Ultra renderização

Voltando ao Note, embora tudo pareça perfeito e até é, podem surgir nuvens no horizonte. Pelo menos na versão europeia.

Normalmente, os Estados Unidos e a China têm direito ao processador da Qualcomm. Os outros mercados levam com o Exynos. Agora eis que a história vai voltar a repetir-se mas de forma ainda pior. É que o Galaxy Note 20 está a caminho do mercado e toda a Europa só vai ter direito à versão mais lenta. Mas desta vez ainda mais lenta já que será baseada no mesmo chipset do Galaxy S20. Quem estiver fora da Europa vai ter a sorte de deitar a mão a um Note 20 com o chipset Snapdragon 865.

Mas não vinha com um novo chipset?

Os rumores iniciais davam essa indicação. No entanto tudo mudou. Assim o Galaxy Note 20 não vem com o Exynos 992 que até seria um grande processador, a julgar pelo que circula na Internet.

Ora quem comprar o Galaxy Note 20 na Europa não vai ter as capacidades gráficas que estão no Snapdragon 865, nem a autonomia, nem o mesmo desempenho. Assim vai ter de se contentar com o mesmo que estava no Galaxy S20. Eu com isto não quero dizer que o Galaxy S20 é fraco. Nada disso. O que eu quero dizer é que se o resto do mundo tem um Galaxy Note 20 melhor, fazia sentido que a Europa também o tivesse.

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir.

Subscreva a newsletter Leak e tenha acesso diário aos principais destaques, ofertas e descontos nos parceiros Leak. Clique aqui

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

mm
Bruno Fonseca
Fundador da Leak, estreou-se no online em 1999 quando criou a CDRW.co.pt. Deu os primeiros passos no mundo da tecnologia com o Spectrum 48K e nunca mais largou os computadores. É viciado em telemóveis, tablets e gadgets.

Leia também