Já ninguém quer mudar de telemóvel!? Afinal, o que se passa?

Costuma mudar de telemóvel todos os anos? Ou de 2 em 2? Ou de 3 em 3? Ou é do tipo de consumidor, que só muda se deixar mesmo de funcionar?

É que cada vez mais, as pessoas ficam com o mesmo telemóvel mais tempo! Aliás, no meu seio familiar e de amigos, é raro alguém trocar de telemóvel só porque sim. Tenho um amigo com um iPhone 6 de 2014, e tão cedo não pensa comprar novo telemóvel.



As pessoas já não trocam de telemóvel!? Eu pensava que isto não era geral, mas a verdade é que o ciclo de atualização está a aumentar cada vez mais!

P30 Pro vs Galaxy S10

Portanto, em boa verdade, os smartphones melhoraram tanto… Que as novas gerações deixaram de ser tão aliciantes. Especialmente as gamas mais baixas! Visto que hoje em dia, pode comprar um smartphone de 150/200€, e ficar extremamente bem servido.

Claro que as coisas podem mudar quando o 5G chegar em força, mas durante quanto tempo?

No ano passado, o ciclo de atualização médio passou de 31 para 33 meses. No entanto, parece que as coisas já mudaram.

Afinal de contas, de acordo com um estudo da Mobile Connectivity, menos de 20% dos inquiridos estão prontos a mudar de smartphones. Isto, enquanto outros 25% dizem que o seu último smartphone durou mais de 3 anos. E por fim, menos de 20% afirmam trocar de telemóvel em 2019.

Ou seja, o entusiasmo à volta do mercado de smartphones está a morrer muito rapidamente. O que pode muito bem estar relacionado com o preço dos atuais topos de gama. Mas também com a falta de inovação no design e falta de novas funcionalidades.

Nem todos os consumidores estão pronto a dar 1000€ por um novo telemóvel todos os anos. Nem de 2 em 2 anos, nem de 3 em 3… Aliás, a grande maioria dos consumidores, recusa veemente dar mais de 300/400€ por um telemóvel. Será que o mercado de smartphones está condenado?


Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião, nos comentários em baixo.

Fonte

Gosta da Leak? Contamos consigo! Siga-nos no Google Notícias. Clique aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Siga-nos no Facebook, Twitter, Instagram! Quer falar connosco? Envie um email para geral@leak.pt.

Leia também

Deixe um comentário