Miners inundam mercado com placas e portáteis usados!

A Bitcoin caiu, mas não caiu tanto como no seu grande crash de 2017, ainda assim, com o governo Chinês a impor várias restrições na prática do mining, e com uma atualização ao Ethereum que deverá mudar tudo ou quase tudo… Os miners estão agora a fazer ‘dump’ de todo o hardware que adquiriram nos últimos meses.

Estamos a falar de placas gráficas de última geração, e até de portáteis equipados com GPUs recentes, tudo a preços muito apelativos para os consumidores! Uma tendência que começou na China, e que começa a alastrar-se um pouco por todo o mundo.

Está a acontecer! Miners inundam mercado com placas e portáteis usados

Portanto, muitos especialistas esperavam que os fãs do mundo do mining emigrassem, ou seja, que muitas das operações de mining chinesas fossem apenas realocadas, e não fechadas. No entanto, com a previsão de mais regulamentações noutras regiões do globo, e a versão 2.0 do Ethereum prestes a chegar, os miners estão a preferir vender tudo o que têm, para fazer os últimos trocos possíveis.

Que atualização é esta? É muito simples. O Ethereum vai mudar o atual molde ‘proof-of-work’ para um ‘proof-of-stake’. Ou seja, a ideia é diminuir a compensação a quem tem máquinas poderosas, de forma a também diminuir o consumo de eletricidade geral da rede. Isto ao mesmo tempo que também se melhora a segurança de todo o sistema.

Assim, se ter hardware poderoso deixa de ser rentável, quem andou a comprar placas gráficas de última geração vê-se agora numa encruzilhada… Afinal, os preços das placas estão a baixar devido ao aumento de produção por parte da AMD e NVIDIA, e o mining já não está tão rentável como no passado recente. Assim, ou vendem agora, a um preço ‘decente’, ou ficam agarrados ao material, e depois têm de vender ao desbarato. Escolhas!

É exatamente por isto que vários miners estão a tentar despachar material enquanto os preços continuam altos, de forma a fazer dinheiro a sério pela última vez. Estamos a falar de placas RTX 3060, 3060 Ti, 3070 e 3080, bem como as alternativas da AMD, como a RX 6800 XT. Além disto, temos também vários portáteis equipado com placas gráficas RTX 30 da NVIDIA, tudo a preços bastante apelativos, relativamente ao preço do equipamento novo em loja.

Esta tendência deverá continuar até ao fim do ano, altura em que o Ethereum 2.0 deverá ser lançado de forma oficial.

Ademais, o que pensa sobre tudo isto? Partilhe connosco a sua opinião nos comentários em baixo.

Fonte

mm
Nuno Miguel Oliveirahttps://www.facebook.com/theGeekDomz/
Desde muito novo que me interessei por computadores e tecnologia no geral, tive o meu primeiro PC aos 10 anos e aos 15 anos montei a minha primeira torre, desde aí nunca mais parei. Tudo o que seja tecnologia, estou na fila da frente para saber mais.

Mais deste autor

Relacionadas

Publicidadespot_img

Últimos artigos

Processador ‘limitado’? Sim! Mas o iPad mini 6 impressiona!

Muito provavelmente devido à crise de produção atual, a Apple foi obrigada a utilizar diferentes versões do SoC A15 Bionic, nas suas diferentes gamas...

Microsoft confirmou. TPM 2.0 é obrigatório! Até nas máquinas virtuais

O Windows 11 está mesmo prestes a chegar ao mercado, visto que a sua data de lançamento já foi antecipada do 11.11 para o...

AMD vai ter placas muito mais rápidas (mas mais caras) em 2022!

Esta não é a primeira vez que vemos alguns rumores a falar acerca da nova geração de placas gráficas AMD Radeon, mas uma coisa...

Não perca nenhuma informação de última hora!

Registe-ne na Newsletter Leak e receba diariamente todas as informações no seu email!